Locutor marcou época no rádio brasileiro. Foto: Carlos Alberto Spina

Locutor marcou época no rádio brasileiro. Foto: Carlos Alberto Spina

Morreu na última segunda-feira (10), aos 92 anos de idade, um dos maiores narradores esportivos do Brasil, Haroldo Fernandes.

De acordo com Nestor Fernandes, seu filho, o óbito foi por causas naturais. Haroldo Fernandes tinha sua saúde debilitada nos últimos tempos, com agravamento há cerca de uma semana, por conta de uma infecção urinária.

O velório teve início às 11h desta terça-feira (11) e a cerimônia de cremação acontecerá logo mais, às 14h, no Cemitério Jardim da Colina, em São Bernardo do Campo (SP).

Seu bordão mais famoso, inesquecível para aquele que o acompanharam nas transmissões da emblemática equipe 1040 da Rádio Tupi, era: "Quem ganhou, ganhou, quem não ganhou, não ganha mais!".

Haroldo Fernandes ainda integrou equipes famosas das rádios Bandeirantes, Difusora, Record e Panamericana.

No dia 5 de novembro de 2017, Haroldo Fernandes relembrou grandes momentos de sua carreira para Milton Neves no "Domingo Esportivo", da Rádio Bandeirantes. Ouça abaixo:

Haroldo Fernades Biagioni


Em 1971, os quatro principais narradores da Equipe 1040 da Rádio Tupi. Da esquerda para a direita: José Carlos Cicarelli, Haroldo Fernandes (o Homem da Camisa 10), Wilson de Freitas e Alfredo Orlando. Foto: arquivo pessoal de José Carlos Cicarelli


À frente na foto, Sérgio Baklanos está à esquerda, conversando com Haroldo Fernandes. Depois de Baklanos está Antonio Eurico. Marco Antonio é o quarto, de camisa branca e em seguida Darley Basílio. À direita, sorrindo, está José Ribeiro e depois, parcialmente encoberto, Manoel Ramos. Ao fundo, à direita, de terno escuro está Milton Camargo. Na outra ponta, à esquerda, está Walter Abrahão (somente com a testa visível). Na mesa à esquerda, atrás de Marco Antonio quem aparece é Ávila Machado, com grandes costeletas. Foto: arquivo pessoal de Benedito Marcantonio


Equipe Tupi das Associadas, em 1962, para a cobertura da Copa do Chile: o terceiro é Haroldo Fernandes, o quinto é Luis Noriega e o sexto é Milton Camargo.


Em 1962, durante a Copa do Chile, Walter Abrahão, Luiz Noriega, Milton Camargo (de boné) e Haroldo Fernandes (de cabelo escovinha) entrevistaram o célebre Di Stéfano, que não disputou o Mundial por causa de uma lesão


Esta belíssima e rara foto foi tirada durante festa de final de ano da Aceesp. Mostra a mesa da equipe 1040 da Rádio Tupi, embora Mauro Pinheiro, o primeiro à esquerda, fizesse parte da equipe da Rádio Bandeirantes. Na cabeceira, de costas, está Milton Camargo. A partir de Mauro Pinheiro temos José Goes, Walter Fonseca, Paulo Edson, Manoel Ramos, Lucas Neto, Vitor Moran, Alfredo Orlando e Jorge de Souza, lá no fundo; À direita, de óculos, você vê o grande Haroldo Fernandes. E, olhando para a câmera, Wilson de Freitas


A equipe 1040 da Rádio Tupi fez 13 pontos no teste 44 da Loteca em junho de 71. Um dos 13 jogos foi Corinthians 1x0 São Paulo, gol de Aladim. Um diretor e uma funcionária da Caixa Econômica Federal participaram da entrega do prêmio aos jornalistas Vitor Moran (o segundo) e Haroldo Fernandes (de paletó xadrez).


Esta placa foi oferecida pela maravilhosa e inesquecível equipe 1040 da rádio Tupi a Pelé por ocasião da marcação de seu 1040º na carreira. O feito se deu em 1970 na partida em que o Santos venceu o Grêmio por 2 a 0 no estádio do Ypiranga de Erechim. A placa foi colocada na entrada das sociais do clube do interior gaúcho


Esta é a bola com a qual Pelé fez o seu gol de número 1040, em Erechim (RS), em jogo amistoso do Santos, em 1970, contra a seleção local, formada por jogadores do Ypiranga e do Atlântico. O fato foi muito badalado à época porque 1040 era o prefixo da Rádio Tupi AM, então uma das líderes do rádio esportivo de São Paulo ao lado da Bandeirantes AM 840.


Acima, a famosa equipe 1040 da Rádio Tupi. EM PÉ: Mário Moraes, Joseval Peixoto e Milton Camargo. AGACHADOS: Haroldo Fernandes, Geraldo Blota e Lucas Neto


Confira a saudosa e inesquecível equipe 1040 da Rádio Tupi de São Paulo. Da esquerda para a direita, na primeira fila em pé: Milton Camargo, Antonio Rangel, Osvaldo MEsquita, Manoel Ramos e Francisco Natal. Em pé, na segunda fileira: Alfredo Orlando, Wilson de Freitas, Marco Antonio, Lucas Neto, Ávila Machado e Haroldo Fernandes. Agachados: Vitor Moran, José Ribeiro, José Roberto Ramos e José Goes


E aqui estão, em foto de 1984, profissionais que jamais serão esquecidos por quem gosta de futebol e do rádio esportivo. Estes homens fizeram a Equipe 1040 da Rádio Tupi-AM e jamais sairão da história do rádio. Em pé: José Goes (já falecido), um operador técnico interno da época, Lucas Neto, Ávila Machado (já falecido). Ao fundo: Luís Noriega, Zezinho (do departamento financeiro), Haroldo Fernandes, Milton Camargo e Geraldo Tassinari. Agachados: Arnaldo Gaeta (histórico operador de sons), Dr. Wilson de Freitas, Victor Moran (trabalha no rádio esportivo de Santos) e Vicente Lopes, ex-jogador a Mogiana de Campinas em 1948 e que hoje está aposentado com Delegado de Polícia. A foto foi tirada no casamento da filha de Milton Camargo, então chefe da equipe 1.040 da Rádio Tupi. Ah, esse time era nota 1.040!


Veja acima a famosa equipe 1040. Em pé, da esquerda para a direita: Alfredo Orlando, Wilson de Freitas, Milton Camargo, Paulo Edson, Manoel Ramos e Antonio Euryco. Sentados: Lucas Neto, José Roberto Ramos, José Goes, Marco Antonio, José Carlos Cicarelli, Ávila Machado, Vitor Moran e Haroldo Fernandes


Dois momentos de Haroldo Fernandes


Haroldo Fernandes e Carlos Alberto Spina (ex-Matsubara) em novembro de 2019, em São Paulo. Foto: arquivo pessoal de Carlos Alberto Spina


Rádio Tupi, presente em muitos estádios brasileiros


 


Cartaz anuncia cobertura esportiva da Rádio Tupi com a narração de Haroldo Fernandes


Haroldo Fernandes e Doalcei Camargo, atrações da Super Rádio Tupi nos anos 60. Foto: Reprodução

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa