Ex-piloto residia em Portugal. Foto: Reprodução

Ex-piloto residia em Portugal. Foto: Reprodução

Morreu nesta segunda-feira (31), vítima de câncer, o ex-piloto brasileiro Fritz d´Orey, aos 82 anos. Ele estava em sua casa, em Portugal, ao lado de quatro de seus cinco filhos. A notícia foi divulgada por sua filha Zoe, por meio de sua conta no Instagram.

D´Orey disputou três GPs de Fórmula 1 na temporada de 1959, o GP da França de 1959, em Reims, única prova que concluiu, terminando na décima colocação após largar em 18º. Ainda naquele ano, correu o GP da Grâ-Bretanha no circuito de Aintree e abandonou após acidente e no GP dos Estados Unidos em Sebring, desta vez abandonando após problema mecânico. As duas primeiras corridas ele disputou com Maserati 250F e motor Maserati. A última também foi com motor Maserati, mas chasi Tec-Mec 415.

Em 1960 mudou de rumos nas pistas, passando a competir nas provas de longa duração (Endurance), contratado pela Ferrari, mas sua carreira foi abreviada após um grave acidente na classificação para as 24 Horas de Le Mans daquele ano. Seu carro foi dividido em dois após choque contra uma árvore. D´Orey teve traumatismo craniano e ficou oito meses em recuperação.

Retornou ao Brasil e dedicou-se ao ramo da construção civil, passando a morar nos últimos anos em Portugal, após uma trajetória de sucesso como empresário.

CLIQUE AQUI E VEJA A PÁGINA DE FRITZ D´OREY NA SEÇÃO "QUE FIM LEVOU?"

D´Orey disputou os GPs da França, Grâ-Bretanha e dos Estados Unidos em 1959. Foto: Reprodução

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Int
    12
  • 2 Vas
    10
  • 3 Atl
    9
  • 4 São
    10
  • 5 Pal
    8
  • Veja tabela completa