Na Briosa, chamou atenção dos dirigentes alviverdes. Foto: arquivo pessoal de Aparecido

Na Briosa, chamou atenção dos dirigentes alviverdes. Foto: arquivo pessoal de Aparecido

Aparecido "Peixinho", ex-goleiro do Palmeiras, Portuguesa Santista e Botafogo de Riberião Preto, entre outros, morreu nesta terça-feira (10), aos 88 anos. Por enquanto, não há informação da causa da morte e acerca das cerimônias fúnebres.

Paulista de Miguelópolis, onde nasceu no dia 21 de março de 1934, Aparecido Eleotério da Silva, o "Peixinho", deixa esposa, Dona Valdete, quatro filhos e sete netos.

Ele iniciou sua carreira pelo Botafogo de Ribeirão Preto, e depois mudou-se para o Rio de Janeiro, onde defendeu a meta do Bangu. De volta a São Paulo, desceu a Serra do Mar e começou a jogar pela Portuguesa Santista, onde, destacando-se, acabou chamando atenção da cúpula palmeirense, clube que defendeu em quatro jogos na temporada de 1958.

Na sequência, foi contratato pela Ferroviária de Araraquara, clube em que encerrou sua carreira, passando em seguida a exercer a função de treinador, tendo trabalhado, entre outros, no Guarani e Londrina.

Graduou-se em Educação Física e passou a lecionar, tendo se aposentado em 2006.


Da esquerda para a direita, em pé: Joel, Peixinho ou Aparecido, Ladeira, Gavilán, Zózimo e Édson. Agachados: Dorival, Zizinho, Mário, Décio Esteves e Nívio

 

O genro José Pedro ao lado do sogro Peixinho. Foto enviada por Tania Novaretti, filha de Peixinho

 

Veja Peixinho em 1957 e em 2004

 

Da esquerda para a direita, em pé: Wilsinho, Ênio, Fonseca, Peixinho, Mário, Oscar e Vastinho. Agachados: Dorival, Neco, Ponce, Américo e Guina. Foto enviada por Tânia Novaretti, filha de Peixinho

 

Filpo Nuñez assoprando as velinhas comemorando aniversário junto à delegação do Palmeiras. Foto enviada por Tânia Novaretti, filha de Peixinho

 

Peixinho pulando na bola para evitar o gol de Pelé, que pulou para cabecear a bola. Foto enviada por Tânia Novaretti, filha de Peixinho

 

Peixinho na Portuguesa Santista. Foto enviada por Tânia Novaretti, filha de Peixinho

 

Da esquerda para a direita, em pé: o massagista Pastinha, Jota Alves, Peixinho, Bibi, Hilton Porco, Zózimo e Nilton dos Santos. Agachados: Calazans, Ubaldo Miranda, Zizinho, Décio Esteves e Nívio. Foto enviada por Tânia Novaretti, filha de Peixinho

 

Da esquerda para a direita, em pé: Antoninho, Galhardo, Dudu, Geraldo Scalera, Peixinho e Rodrigues Lindão. Agachados: Peixinho, Davi, Tales, Bazzani e Beni. Foto enviada por Tânia Novaretti, filha de Peixinho

 

Da esquerda para a direita, em pé: Peixinho é o primeiro. Agachado: Ponce é o terceiro. Foto enviada por Tânia Novaretti, filha de Peixinho

 

Peixinho na Portuguesa Santista. Foto enviada por Tânia Novaretti, filha de Peixinho

 

Filpo Nuñez assoprando as velinhas comemorando aniversário junto à delegação do Palmeiras. Na foto, à direita de Filpo (de roupa cinza), está Aparecido Peixinho. Foto enviada por Tânia Novaretti, filha de Peixinho

 

Dois momentos de Aparecido

 

Aparecido com a esposa Valdete e a neta Taninha. Foto: arquivo pessoal de Tania, filho de Aparecido

 

Em 2016, um dos ribeirão-pretanos que carregou a tocha olímpica. Foto: arquivo pessoal de Aparecido

 

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa