Atacante flamenguista assumiu a artilharia do Brasileirão com 13 gols. Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Atacante flamenguista assumiu a artilharia do Brasileirão com 13 gols. Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

O time do Flamengo, de maneira geral piorou desde a chegada de Renato Gaúcho. Especialmente do ponto de vista coletivo, a equipe perdeu força e é aí que está a principal crítica ao trabalho do treinador rubro-negro. E se coletivamente o time piora, a tendência é de que individualmente as peças também caiam de produção.

Mas um jogador do elenco flamenguista é exceção: Michael! Se tem um atleta que cresceu e muito desde a chegada de Renato, é o atacante ex-Goiás.

Mais participativo, agudo, objetivo e mais perto do gol o veloz atacante flamenguista se tornou peça fundamental na equipe, especialmente no período de muitos desfalques enfrentado pelo Fla.

Antes criticado pelas decisões muitas vezes erradas com a bola e pelo aproveitamento ruim nas finalizações, Michael se tornou não só uma arma importante nos lados do campo, como virou o homem gol da equipe: O Camisa 19 marcou diante do São Paulo seu 13º gol e assumiu a artilharia isolada do Brasileirão.

O grande mérito no trabalho de Renato ao longo dos anos está na capacidade de potencializar individualidades. Nesse Flamengo, com esse nível de exigência, isso é pouco. Mas com Michael está funcionado. E muito bem!

Não é exagero apontar o atacante rubro-negro como um dos principais jogadores do Brasileirão 2021.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa