Saudoso treinador e dirigente esportivo morreu no ano passado. Foto: Bruno Cantini/Divulgação/Clube Atlético Mineiro

Saudoso treinador e dirigente esportivo morreu no ano passado. Foto: Bruno Cantini/Divulgação/Clube Atlético Mineiro

"Bebeto de Freitas: o que eu vivi", livro de estreia do jornalista Rafael Valesi, será lançado em breve na cidade de Belo Horizonte, após o mesmo ter acontecido no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Bebeto de Freitas (1950-2018), que morreu vítima de um infarto, foi o treinador da chamada "Geração de Prata" do voleibol brasileiro, concedeu um depoimento a Rafael Valesi que foi materializado em um livro de 256 páginas.

Na obra, o botafoguense de coração que trabalhava como diretor do Clube Atlético Mineiro, relata sua trajetória desde os tempos de atleta, treinador (incluindo passagem de sucesso pela Itália) e dirigente esportivo.

Bebeto de Fretias esteve ligado ao esporte desde a mais tenra idade, uma vez que era sobrinho do jornalista e treinador João Saldanha e primo do ex-jogador Heleno de Freitas.

"Não é somente um livro de memórias, mas também de propostas. Uma das maiores preocupações de Bebeto era que a obra não fosse um mero passatempo, mas que também provocasse uma reflexão em seus leitores, especialmente sobre a maneira como o esporte é negligenciado por dirigentes e autoridades públicas no Brasil. Em uma de suas últimas análises sobre o desporto nacional, Bebeto apresenta eventuais soluções para que o país incorpore de vez o hábito de praticar atividades físicas.  Apesar das inúmeras conquistas, Bebeto de Freitas gostava de ser reconhecido desta maneira, como um lutador pelo esporte, um Dom Quixote das quadras brasileiras", pondera Rafael Valesi.

SOBRE O AUTOR

Rafael Valesi, 34 anos, é jornalista formado pela PUC-SP, e pós-graduado em marketing e em gestão esportiva. Trabalhou como repórter e editor-assistente no jornal LANCE! durante 11 anos, publicou reportagens na revista Veja e nos sites Veja.com e Globoesporte.com, e atuou como comentarista e colunista na cobertura do Grupo Record nos Jogos Pan-Americanos de Lima-2019.

Ao longo da carreira, cobriu dois Jogos Olímpicos (Londres-2012 e Rio-2016), três Jogos Pan-Americanos (Rio-2007, Guadalajara-2011 e Toronto-2015), entre outros eventos esportivos nacionais e internacionais. Atualmente trabalha como assessor técnico na Secretaria Municipal de Esportes e Lazer de São Paulo.

Este é o primeiro livro que publica.

CLIQUE AQUI E VEJA A PÁGINA DE BEBETO DE FREITAS NA SEÇÃO "QUE FIM LEVOU?"

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa