Roni marcou seu primeiro gol pelo Corinthians. Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Roni marcou seu primeiro gol pelo Corinthians. Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Abaixo, você lê o bonito relato do jornalista Rodrigo Vessoni sobre uma passagem de sua carreira com a família do menino Roni, que, com um golaço, foi um dos destaques da vitória do Corinthians diante do Bahia, na última quarta-feira (16). 

Em meados dos anos 2000, ainda no começo da minha trajetória de 13 anos no Diário LANCE!, fui escolhido pela chefia para fazer uma matéria sobre um garoto chamado Tupã, da base do Palmeiras, afastado por um problema cardíaco.

E lá fui eu, entrevistar Tupã e sua família.

A foto da matéria teve três personagens na frente de casa: Tupã, o pai e o irmão mais novo.

A história foi contada e o título da matéria ficou:

"ESPERANÇA!".

O título alimentava o sonho de Tupã se tornar jogador profissional.

O garotinho? Bem, o garotinho que aparece na foto é... Roni.

Sim, ele mesmo.... o volante que estreou pelo Corinthians na noite desta quarta-feira, diante do Bahia, com direito a um golaço.

O tempo passou e, como previsto, Tupã não conseguiu voltar a jogar de forma profissional devido ao problema no coração.

A paixão pelo futebol, porém, seguiu. O desejo de chutar uma bola se fazia presente. Tupã, então, resolveu seguir na várzea.

Durante um desses jogos na várzea, quando já tinha 32 anos, Tupã teve uma parada cardíaca e foi levado ao hospital.

Na UTI, Roni fez uma promessa ao irmão:

"Vou me tornar jogador profissional e ajudarei nossos pais".

Tupã não resistiu.

Roni juntou forças e seguiu sua trajetória no Corinthians.

A promessa de jogar também pelo irmão seguiu. Hoje, a cada publicação nas suas redes sociais, a hastag #Esperança.

O jovem corinthiano nunca disse, mas eu imagino que essa hastag utilizada por ele seja inspirada no título daquela minha matéria.

Matéria essa, aliás, que ficou na memória dele e da família. E que o papel do jornal é guardado com muito carinho por eles.

Eu me emocionei na noite desta quarta-feira. De verdade. Quando vi aquela bola no fundo da rede, senti algo inexplicável. Não sei bem como resumir. Parecia alguém da minha família vivendo um momento especial.

Por isso, toda vez que Roni estiver em campo, seja pelo Corinthians ou por qualquer equipe, eu estarei torcendo por ele.

Minha carreira, eternamente, estará ligada à carreira de @ronimoura_. Que Deus te abençõe, meu caro. Todo sucesso do mundo pra você!!! #Esperança

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa