Kaká, ex-meia do São Paulo, Milan, Real e seleção. Foto: Marcos Junior Micheletti/Portal TT

Kaká, ex-meia do São Paulo, Milan, Real e seleção. Foto: Marcos Junior Micheletti/Portal TT

O ex-meia Kaká participou no último sábado (9) do programa “Altas Horas”, da TV Globo. Durante a sua participação, o campeão mundial em 2002 com a seleção apostou que o escrete canarinho deverá vencer a Copa do Catar, que será realizado no final desta temporada. 

"Na minha opinião, o Brasil é favorito para essa Copa. A gente chega como favorito e tem duas coisas que me dão muita confiança. Uma: a manutenção do Tite nesse ciclo de seis anos. No Brasil, a gente está acostumado ao treinador perder dois, três jogos, demite, troca. Seleção perde na Copa do Mundo, você demite. Não foi o que aconteceu, depois do jogo da Bélgica, manteve o Tite e ele está em um ciclo de quatro anos. Isso pra mim é muito positivo. O Tite conhece todos os jogadores, testou tudo que ele poderia, sabe os meninos que ele pode contar, a hora que ele pode contar”, opinou Kaká. 

"Vem uma nova geração crescendo no momento certo, você falou do Vinicius Júnior, eu cito também o Antony e o Raphinha, que surgiu recentemente. São três jogadores fundamentais dessa nova geração e isso dá uma força muito grande para o Brasil e tira uma responsabilidade do Neymar, que eu acho que isso é uma coisa boa, não é ruim. O Neymar continua sendo nosso principal jogador, nossa principal estrela, mas ele tira essa responsabilidade. Então, eu acredito sim que o Brasil chega nessa Copa como um dos favoritos por esses motivos”, completou o ex-meia. 

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa