Timão foi derrotado por 2 a 0 pelo Always Ready. Foto: Rodrigo Coca/Ag Corinthians

Timão foi derrotado por 2 a 0 pelo Always Ready. Foto: Rodrigo Coca/Ag Corinthians

Os jogadores do Corinthians evitaram responsabilizar a altitude de La Paz, na Bolívia, para justificar a derrota por 2 a 0 para o Always Ready, na estreia da Libertadores, na noite da última terça-feira (5). Após a partida, Cássio e Renato Augusto falaram com a imprensa e assumiram o desempenho ruim da equipe alvinegra frente aos bolivianos.

Renato Augusto chegou a criticar a arbitragem e afirmou que, se houvesse VAR, certamente não seria dado pênalti ao time boliviano, mas não escondeu o desempenho ruim do time.

“Não tem desculpa, não tem. Sabemos que a primeira não foi pênalti. Se tivesse VAR, não dariam. Já começamos na altitude tomando gol. Mas não tem desculpa, fomos mal. Estou irritado, estou chateado, e não tem muito o que falar. É trabalhar. Para sair dessa situação é só trabalhando”, disse o camisa 8.

Cássio foi na mesma linha, cobrou evolução da equipe e pediu que a derrota sirva de aprendizado para a sequência.

“Não pode botar a culpa só na altitude. Temos que melhorar, evoluir e crescer. Temos que criar mais e evoluir. Não podemos culpar só a altitude. Não fizemos um grande jogo, poderíamos ser mais agressivos em um jogo de Libertadores, que é mais disputado”, afirmou o goleiro.

“Serve de aprendizado. É a primeira partida, temos duas agora em casa para buscar a vitória e entrar na briga pela classificação”, completou o goleiro.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa