Treinador português afirmou que está de saída do clube. Foto: Facebook/Divulgação

Treinador português afirmou que está de saída do clube. Foto: Facebook/Divulgação

Parece que chegou ao fim a história de Jorge Jesus no Benfica. O treinador, que era sonho de consumo do Flamengo, vem enfrentando problemas no clube lisboeta e viu os jogadores se viraram contra seu trabalho nas últimas horas.

Segundo o jornal português Record, os jogadores do Benfica fizeram um motim contra JJ. O treinador havia afastado o capitão Pizzi após desentendimentos no vestiário da equipe. Com a decisão de Jesus, o restante do grupo de atletas se recusou a treinar até que o capitão fosse reintegrado. As atividades só foram realizadas após interferência do presidente Rui Costa.

Já o jornal A Bola informa que Jesus não deve sequer comandar o clube lisboeta no clássico contra o Porto, na próxima quinta-feira (30), pelo Campeonato Português, e uma reunião ainda nesta terça-feira (28) deve definir o futuro do treinador.

Nesse contexto, Jesus decidiu entregar o cargo. Em contato com o jornalista Venê Casagrande, o Mister afirmou que colocou seu emprego à disposição do comando do Benfica.

“Coloquei o meu cargo à disposição. Estou de saída”, disse Jorge Jesus ao jornalista brasileiro, que informa ainda que a rescisão deve ocorrer de comum acordo, sem o pagamento da multa rescisória de nenhuma das partes.

A eminente saída de Jorge Jesus do Benfica se dá dois dias após o acerto do Flamengo com Paulo Sousa, treinador da seleção polonesa que aceitou a oferta flamenguista. Sousa ainda não foi anunciado oficialmente, mas já tem um acordo com o clube brasileiro, que havia intensificado as negociações para ter JJ.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa