Atacante do Galo valorizou o trabalho do treinador. Foto: Pedro Souza/Atlético

Atacante do Galo valorizou o trabalho do treinador. Foto: Pedro Souza/Atlético

Brilhando com a camisa do Atlético-MG, Hulk teve início complicado no clube mineiro. Logo de cara, o camisa 7 se desentendeu com o técnico Cuca, em episódio que poderia ter consequências negativas para o resto do ano. A rusga, porém, foi superada e, segundo o próprio jogador, ajudou no relacionamento das duas partes.

Em entrevista ao programa Bem-Amigos, do Sportv, Hulk relembrou seu início no Galo, comentou o atrito com Cuca e disse que o desentendimento serviu para que ele e o treinador se conhecessem melhor.

“A equipe do Atlético me recebeu muito bem, e o Rodrigo Caetano sempre esteve me aconselhando. Ele trabalhou com o Deco quando voltou para o Fluminense. O Cuca foi muito importante, teve aquele desentendimento no início que foi muito importante para conhecermos um ao outro. Hoje a nossa relação é maravilhosa, é um cara que respeito muito e está sendo fundamental na minha temporada. Quando a gente faz as coisas certas é recompensado”, disse o camisa 7 atleticano, que rasgou elogios ao trabalho do comandante.

“O Cuca é malandro, já muito experiente e sabe como tirar o melhor dos jogadores. Teve um lance com o Internacional que ele me chamou e conversou no ouvido. Depois da conversa, concentrei mais e fiz a jogada do Keno. Ele conversa muito com o Nacho e gosta de todos os jogadores. Ele conversa dando moral e não deixando que nenhum dos jogadores fiquem para baixo. O grupo é muito bom não só dentro das quatro linhas. O grupo se respeita muito, e é prazeroso estar na resenha com eles no vestiário”, comentou o atacante, que divide a artilharia do Brasileirão com Yuri Alberto, do Internacional, e Gilberto, do Bahia, todos com 10 gols.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa