Verdão enfrentaria o São Bento nesta quarta-feira (17), em BH. Foto: Cesar Greco

Verdão enfrentaria o São Bento nesta quarta-feira (17), em BH. Foto: Cesar Greco

O governo de Minas Gerais proibiu que partidas de outros estados sejam realizadas em seus limites. Em comunicado, o governador Romeu Zema informou que todo estado entrará na onda roxa, a mais restritiva, a partir da próxima quarta-feira (17). Com isso, partidas de outros estados, como São bento e Palmeiras, pelo Paulistão, ficaram com sua realização incerta.

A sequência do Campeonato Mineiro ainda será avaliada e a paralisação da competição por pelo menos 15 dias não está descartada.

Três partidas de equipes de outros estados estavam marcadas para Minas Gerais: O jogo entre São Bento e Palmeiras, pelo Campeonato Paulista, e duas partidas pela Copa do Brasil (Marília x Criciúma; Palmas x Avaí). Os confrontos não podem ser disputados em seus estados de origem por proibição dos governos locais também por medidas contra o avanço da Covid-19.

Segundo o secretário de saúda de MG, Fábio Baccheretti, as delegações das equipes envolvidas nessas partidas serão notificadas pelas autoridades sanitárias e orientadas a retornar para suas cidades. Nenhuma federação envolvida na organização dos jogos se manifestou até o momento para indicar o que acontecerá com os confrontos.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa