Demitido do Flamengo na reta final do Brasileiro, Renato está livre no mercado. Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Demitido do Flamengo na reta final do Brasileiro, Renato está livre no mercado. Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

O Atlético-MG tem encontrado dificuldades para avançar nas negociações por um substituto para o técnico cuca, que deixou o clube no final de dezembro.  Os alvos principais são Jorge Jesus e Carlos Carvalhal, mas as tratativas são complicadas e, com isso, um nome do mercado nacional volta a ser cogitado.

O plano A do Galo é Jorge Jesus, que está livre no mercado, mas ainda não se empolgou com a possibilidade de assumir a equipe mineira. Com isso, a diretoria atleticana buscou alternativas e chegou ao nome de Carlos Carvalhal, também português, mas que está empregado no Braga e tem multa elevada (na casa dos 2,5 milhões de euros). O cenário para o Galo, então, é complicado nas duas frentes.

Diante disso, segundo o colunista do Uol Esporte Bruno Andrade, o clube mineiro sondou outro português: Paulo Fonseca, ex-Porto, Shakhtar Donestsk e Roma. Fonseca, porém, não deseja sair do futebol europeu nesse momento.

Com tantas dificuldades, ainda de acordo com Bruno Andrade, o nome de Renato Gaúcho começa a ser cogitado nos bastidores atleticanos. Segundo as informações, o clube avalia abrir conversas com o ex-treinador do Flamengo, que está livre no mercado.

Renato foi a prioridade do Atlético na época da saída de Jorge Sampaoli, no início de 2021. Naquele momento, porém, o treinador optou por permanecer no Grêmio. Com a saída de Cuca nesse momento, o nome do técnico gaúcho, que fez trabalho ruim no Flamengo, sequer foi ventilado em BH.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa