Equipe mineira abriu dez pontos de vantagem na liderança do Brasileirão. Foto: Pedro Souza/Atlético

Equipe mineira abriu dez pontos de vantagem na liderança do Brasileirão. Foto: Pedro Souza/Atlético

Com as duas mãos na taça: é assim que o torcedor do Atlético-MG passou a se sentir após vitória sobre o Grêmio, em jogo atrasado do Brasileirão, na noite da última quarta-feira (3), no Mineirão.

O triunfo em casa serviu para o Galo se recuperar, já que vinha de derrota para o Flamengo, e reestabelecer uma vantagem de dez pontos para o segundo colocado, Palmeiras. Com isso, o clube mineiro tem agora 62 pontos somados e, além de uma dezena de pontos em cima do Verdão, tem mais 12 de vantagem sobre o Flamengo, que ainda tem um jogo a menos.

Nesse cenário, o time comandado pelo técnico Cuca ampliou suas chances de título e voltou a ultrapassar a casa dos 90%. Segundo números do matemático Tristão Garcia, do site Infobola, o Atlético tem agora 94% de probabilidades de levantar a taça do Brasileirão, deixando o Fla com apenas 4% e o Palmeiras com 2%.

Para ser campeão, o Galo precisa de, em tese, mais 13 pontos (quatro vitórias e um empate) nos próximos oito jogos. Desse modo, o time de BH alcançaria 75 pontos, números jamais alcançados por um segundo colocado na história do Brasileirão por pontos corridos disputado no formato com 20 clubes.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa