Direção flamenguista definiu orçamento de R$ 30 milhões para buscar o substituto de Renato. Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Direção flamenguista definiu orçamento de R$ 30 milhões para buscar o substituto de Renato. Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Passada a frustração da derrota na final da Libertadores, que culminou com a demissão de Renato Gaúcho, o Flamengo passa a buscar um novo treinador para assumir a equipe a parti de janeiro. Certo é que dificilmente esse profissional será contratado no mercado nacional.

Segundo informações do Uol Esporte, é consenso na direção Rubro-Negra que o futuro técnico flamenguista será um estrangeiro. Com isso, a cúpula que comanda o clube pensa num orçamento em torno de R$ 30 milhões por ano para a contratação do novo comandante.

Certo é que nenhuma decisão será tomada ainda nesta semana, já que o clube passa por eleições presidenciais no próximo sábado (4). A tendência é de que Rodolfo Landim seja reeleito e o atual grupo continue a frente do clube.

Ainda de acordo com o UOL, nomes que foram ventilados na cúpula rubro-negra foram dos portugueses André Villas Boas e Carlos Carvalhal e do argentino Marcelo Gallardo. Segundo o ESPN.com,br, Maurício Barbieri, do Red Bull Bragantino, foi o único brasileiro cogitado, mas a pouca experiência pesou contra essa alternativa.

Na publicação da ESPN, as informações são de que Gallardo, que deve deixar o River Plate no final do ano, é o “plano A” do Flamengo nesse momento.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa