Fluminense e Flamengo se enfrentam neste domingo, às 19h. (Foto: Thiago Ribeiro)

Fluminense e Flamengo se enfrentam neste domingo, às 19h. (Foto: Thiago Ribeiro)

Alexandre Araújo e Bernardo Gentile
Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

Após quase dois meses à frente do Maracanã, Flamengo e Fluminense se enfrentam neste domingo, às 19h (de Brasília) pela primeira vez como donos do estádio. O período representa um recorte de cinco jogos disputados na nova casa para cada clube e o que se vê é uma diferença gigantesca entre os números do Rubro-negro e do Tricolor.

A primeira conclusão que se chega é que a torcida do Flamengo tem comparecido em número bem superior à do Fluminense. A segunda é que o Maracanã é um estádio bastante caro mesmo quando administrado pelos próprios clubes. Nesses cinco jogos, o Flamengo teve um total de renda de R$ 10,23 milhões, enquanto o Fluminense ficou na casa dos R$ 2,44 milhões. Esses números representam uma média de R$ 2,06 milhões por jogo para o Rubro-negro, e de R$ 488 mil para o Tricolor. O problema fica ainda maior quando as despesas entram na equação.

Nesse mesmo período, o Flamengo teve gastos de R$ 6,4 milhões, enquanto o Fluminense gastou R$ 2,95 milhões. O Rubro-negro, então, teve um lucro geral de R$ 3,94 milhões, o que representa uma média de R$ 788 mil por partida. O Tricolor, por sua vez, teve um prejuízo de R$ 502 mil nos primeiros dois meses - uma média de R$ 100 mil por duelo no Maracanã.

A conclusão é que a "nova" casa é cara para os dois clubes. O Flamengo poderia estar lucrando ainda mais com a presença maciça da torcida nos jogos. O Fluminense vive situação complicada já que acumula prejuízos a cada duelo no Maracanã.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE X FLAMENGO
Data e hora: 09/06/2018, às 19h (de Brasília)
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Auxiliares: Michael Correia

Fluminense
Agenor; Gilberto, Frazan, Luan e Caio Henrique (Mascarenhas); Allan, Daniel (Caio Henrique) e Ganso; Guilherme (Léo Artur ou Brenner), João Pedro e Luciano. Técnico: Fernando Diniz

Flamengo
Diego Alves; Pará, Léo Duarte, Rodrigo Caio e Renê; Piris da Motta, Willian Arão, Éverton Ribeiro e Diego; Bruno Henrique e Gabigol. Técnico: Marcelo Salles

(Foto: Thiago Ribeiro/AGIF - retirada do UOL)

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    42
  • 2 Pal
    39
  • 3 San
    37
  • 4 Int
    33
  • 5 Cor
    32
  • Veja tabela completa