Treinador está perto de sua segunda conquista de Campeonato Brasileiro. Foto: Ale Cabral/AGIF/Via UOL

Treinador está perto de sua segunda conquista de Campeonato Brasileiro. Foto: Ale Cabral/AGIF/Via UOL

Para quem ainda não chegou lá: você já imaginou o que estará fazendo aos 70 anos?

Eu por exemplo quero sombra e água fresca. Sem dispensar os ossos do ofício, é verdade. Mas vou eu querer saber de redação, estádio lotado, chuva na cabeça e outras peculiaridades da profissão pra lá do fim da carreira? De jeito nenhum.

Vou querer é conferir as realizações do meu filho, dos meus sobrinhos e afilhados. Para saber se, de fato, contribui com a formação familiar. E, claro, aproveitar o que ainda puder ao lado das pessoas mais importantes da minha vida.

Felipão completa 70 anos hoje. E é admirável ver um cidadão que já tem tudo, ou talvez mais, na vida e ainda se sujeita a trabalhar no futebol brasileiro. Ir pra beira do campo, pegar chuva, se estressar com as lambanças de Deyverson e Felipe Melo ou com a falta de senso de marcação do Borja. Poxa, ele não precisava nada disso.

Estava sossegado lá em Portugal tocando a vida, cuidando da família e dos negócios. Vencedor pra caramba: Copa do Mundo, Brasileiro, Copa do Brasil, Libertadores, Mercosul. Sem contar que conquistou vitórias e troféus por onde passou. E foi devidamente valorizado por tudo isso.

Ou seja, poderia estar apenas curtindo a vida a essa altura. Teve derrotas, incluindo a vexatória eliminação no Mundial de 14, mas e daí? Só está sujeito a derrotas quem compete. Mais do que chegar aos 70, Felipão mostra que ainda pode contribuir com o esporte. E poderá sempre. Até quando quiser.

Irônico mesmo vai ser no ano que vem. Já imaginaram? Confira no vídeo abaixo:

CLIQUE AQUI E SE INSCREVA NO CANAL TERCEIRO TEMPO TV NO YOUTUBE

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa