Finlandês surpreendeu em Barcelona. Foto: Alfa Romeo Racing ORLEN

Finlandês surpreendeu em Barcelona. Foto: Alfa Romeo Racing ORLEN

O finlandês Kimi Raikkonen (Alfa Romeo) fechou o segundo dia de treinos da pré-temporada da F1 em Barcelona na liderança, com o tempo obtido na sessão da tarde desta quinta-feira (20).

É importante ressaltar que o veterano piloto de 40 anos conseguiu sua melhor marca pelos 4.655 metros (1min17s091) utilizando-se do composto mais macio da Pirelli, diferente dos concorrentes diretos, entre eles o mexicano Sergio Pérez (Force India), que finalizou no combinado de tempos na segunda colocação, após ter liderado pela manhã. Clique aqui e veja como foi a sessão matutina.

Raikkonen acabou sendo o protagonista da única bandeira vermelha no dia, quando sua Alfa Romeo ficou parada na pista e precisou ser rebocada.

Com as equipes privilegiando condições de corrida, poucas mudanças nas primeiras colocações. Pérez andou bastante à tarde mas não baixou seu tempo e ficou mesmo em segundo. Daniel Ricciardo (Renault) foi outro que estacionou sua marca com o que havia feito na jornada matutina, em terceiro lugar.

Alexander Albon, que foi à pista nos dois turnos com a Red Bull, ficou em quarto, 0s821 atrás de Raikkonen.

Alexander Albon guiou a RB16 nos dois turnos desta quinta-feira em Barcelona e ficou em quarto lugar. Foto: Aston Martin Red Bull Racing

 

Na sequência, Pierre Gasly (AlphaTauri) e Sebastian Vettel, debutando com a nova Ferrari. O alemão, que estava escalado para guiar a SF1000 ontem, descansou por conta de uma gripe, mas foi à pista na tarde de hoje e não conseguiu nada muito melhor para o time, que já é visto nos bastidores como aquele com mais dificuldades neste início de trabalhos, sobretudo pela expectativa sempre acima do normal pela equipe italiana. Mesmo andando com pneus macios, Vettel fez sua melhor volta defasado em 1s063 em relação à Alfa Romeo de Raikkonen. 

Charles Leclerc, que treinou pela manhã com a Ferrari, finalizou o dia em oitavo. Entre Vettel e Leclerc ficou George Russell, com a Williams, em sétimo, mais uma marca animadora para o time de Grove, que começou 2020 com muito mais qualidade no comparativo à desastrosa temporada passada.

Vettel guiou a SF1000 pela primeira vez, somente à tarde. E, mesmo com gripe, foi mais rápido que Leclerc. Foto: Scuderia Ferrari

MERCEDES: POLÊMICA E CONSISTÊNCIA

O carro da Mercedes provocou frisson nesta quinta-feira em Barcelona, no momento em que uma imagem mostrou Lewis Hamilton movimentando o volante de seu W11 para trás e para frente e, com isso, provocando movimento nas rodas dianteiras. O recurso, certamente hidráulico, pode estar fora do regulamento, pois, de acordo com vários ítens do mesmo, não são permitidas movimentações de elementos da suspensão com o carro em movimento. A Mercedes já começou a se defender, mas a polêmica certamente está apenas em seu primeiro capítulo. O ganho pode ajudar em alguns  aspectos: menor arrasto aerodinâmico, melhor aderência e aquecimento mais eficiente dos pneus.

O dispositivo está sendo chamado pela Mercedes de "DAS" (Dual Axis Steering), que na tradução literal significa "Direção de Eixo Duplo". Na prática, o piloto consegue mudar a cambagem (inclinação) das rodas.

Afora a questão mencionada, chamou atenção também a consistência do novo carro de Brackley, com Hamilton completando 106 giros pela manhã e Bottas fazendo outros 77 à tarde, totalizando 183 na pista catalã, sem qualquer problema.

Diferente de ontem, quando privilegiou desempenho (Bottas foi o mais rápido no período matutino e Hamilton o melhor no vespertino), neste segundo dia de ensaios a equipe fez simulações de corrida, provavelmente andando com mais combustível, o que explica as posições discretas (Hamilton em nono e Bottas em 13º, último).

Mercedes foi notícia pelo recurso utilizado (DAS) e também pela consistência, com 183 voltas completadas, sendo 106 com Hamilton (foto) e outras 77 de Bottas. Foto: Mercedes-AMG F1

RETOMADA DOS TRABALHOS

Nesta sexta-feira (21) acontecem as duas últimas sessões da semana, com mais oito horas de duração, em dois períodos. Na semanaa seguinte, entre 26 e 28 (quarta a sexta), os carros novamente estarão em Montmeló para os últimos ensaios antes da abertura do campeonato, dia 15 de março em Melbourne, na Austrália.

PRÉ-TEMPORADA DA F1 (BARCELONA)- DIA 2 - TARDE

 



   

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOU TUBE

 

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa