Fornecedora aposta em desgaste médio na pista de Yas Marina. Foto: Divulgação/Pirelli

Fornecedora aposta em desgaste médio na pista de Yas Marina. Foto: Divulgação/Pirelli

A Pirelli, forncedora de pneus da Fórmula 1, divulgou que serão utilizados os compostos mais macios da gama P Zero na etapa derradeira do Mundial de Fórmula 1, marcada para acontecer no próximo domingo (12) em Yas Marina, palco do GP de Abu Dhabi, a partir das 10h (de Brasília). Max Verstappen e Lewis Hamilton estão empatados na tabela (ambos com 369,5 pontos), mas o holandês leva vantagem por ter uma vitória a mais que o britânico (9 a 8).

A pista sofreu alterações em alguns trechos, mas a característica do asfalto, em ser bastante liso, foi mantida, daí a escolha para os compostos C3 como o P Zero Branco duro, C4 como o P Zero Amarelo médio e C5 como o P Zero Vermelho macio.

A Pirelli acredita que as alterações no traçado possam promover mais oportunidades de ultrapassagens e, com aumento das velocidades e de carga, haverá um nível médio de desgaste dos pneus.

MUDANÇAS NO TRAÇADO DE YAS MARINA

No início da volta, a chicane que formava as Curvas 5 e 6 agora será contornada com uma reta. O grampo seguinte foi antecipado e alargado, aumentando a velocidade carregada para a reta subsequente. Uma curva longa e ligeiramente inclinada foi criada para substituir o complexo técnico de curvas (Curvas 11-14) que existia anteriormente. Perto do final da volta, as quatro curvas apertadas que circundam o hotel Yas Marina (curvas 17-20) foram todas abertas e feitas mais rapidamente.
Essas mudanças encurtaram o circuito em 273 metros, o que significa que a distância da corrida foi aumentada de 55 para 58 voltas.

Mario Isola, gerente mundial de motorsport da Pirelli, falou sobre os compostos que serão utilizados na prova de encerramento do Mundial, bem como os testes da pós-temporada, que serão realizados no mesmo traçado na terça e na quarta-feira seguintes.

“O circuito de Yas Marina é um local familiar para a última corrida do ano, mas as modificações na pista irão proporcionar uma nova reviravolta e promete nos dar uma conclusão empolgante para o que tem sido uma temporada emocionante. Esta será a primeira vez que enfrentaremos essa nova configuração, incluindo algumas áreas com asfalto novo, mas pudemos contar com simulações e outras informações com antecedência para nos prepararmos. Em geral, com a criação de algumas curvas mais rápidas, a pista fica mais veloz e com mais oportunidades de ultrapassagem. O resultado dessas mudanças são cargas verticais maiores, especialmente nos pneus dianteiros. Mas não esperamos que a severidade geral aos pneus mude significativamente, e é por isso que nomeamos os pneus mais macios da linha. Após a corrida, as equipes terão a chance de testar a especificação final de pneus de 18 polegadas para 2022 usando carros mula. A primeira vez que veremos o pacote definitivo de novos pneus com 2022 carros em ação será durante os testes de pré-temporada do próximo ano, no final de fevereiro”, ponderou Isola.


   

 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOU TUBE

 


   

 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOU TUBE

 

 

 

 

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa