Santiago Morro Garcia jogou no Furacão em 2011. Foto: Godoy Cruz/Divulgação

Santiago Morro Garcia jogou no Furacão em 2011. Foto: Godoy Cruz/Divulgação

Ex-atacante do Athletico-PR, o uruguaio Santiago Morro Garcia foi encontrado morto neste sábado (6), na Argentina. A polícia local trata a morte do centroavante, que teve seu corpo encontrado em sua casa, em Mendoza, como suicídio.

Morro, que pertencia ao Godoy Cruz, mas que estava fora dos planos do clube, estava isolado de sua família após ser diagnosticado com Covid-19. Segundo autoridades locais, o jogador fazia tratamento psiquiátrico.

O uruguaio defendeu o Furacão em 2011. Em um ano no clube, o centroavante, que chegou a ser a maior contratação da história do clube paranaense custando na época cerca de 7 milhões de dólares, disputou apenas 16 jogos com a camisa do Athletico-PR e marcou dois gols. Morro Garcia passou ainda por Nacional, do Uruguai, Kas?mpa?a, da Turquia, River Plate do Uruguai, e estava no Godoy Cruz, da argentina, desde 2016. No clube argentino, Morro se tornou o maior artilheiro da equipe no campeonato argentino com 50 gols em 118 jogos.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa