Ex-atacante lamenta ausência no Mundial dos Estados Unidos. Foto: Reprodução/Canal Frankamente

Ex-atacante lamenta ausência no Mundial dos Estados Unidos. Foto: Reprodução/Canal Frankamente

Ídolo do Palmeiras, o ex-atacante Evair revelou, em entrevista exclusiva ao Canal Frankamente, a frustração por não ter disputado a Copa do Mundo dos Estados Unidos, em 1994.

Evair participou das Eliminatórias para o Mundial, bem como defendeu a seleção na Copa América de 93, no Equador, mas ficou fora da lista final para disputa da Copa.

“Poderia ter ido tranquilamente. Fico mais triste do que magoado. Era um sonho de vida”, desabafou.

Ainda sobre a Copa, Evair garante que nunca falou com o ex-técnico Carlos Alberto Parreira para saber os motivos da não convocação.

Aos 53 anos, o ex-jogador ainda aguarda uma oportunidade para realizar um trabalho consistente como treinador. “Futebol é comandado por empresários. Eles colocam e tiram”, lamenta ao lembrar que não tem um representante por opção própria.

Nem mesmo no Palmeiras, onde conquistou os bicampeonatos paulista e brasileiro (93 e 94), a Libertadores de 99 e o Rio-SP de 93, Evair conseguiu espaço após a aposentadoria como atleta: “Eu nunca tive uma proposta séria do Palmeiras”.

Acompanhe a íntegra da entrevista com Evair:

CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE NO CANAL FRANKAMENTE

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa