Agente do treinador do Palmeiras destacou que o Verdão fez 8 jogos em 16 dias. Foto: Cesar Greco

Agente do treinador do Palmeiras destacou que o Verdão fez 8 jogos em 16 dias. Foto: Cesar Greco

Não é só o técnico Abel Ferreira que se mostra extremamente irritado com o calendário do futebol brasileiro. Quem também se manifestou e detonou a organização dos campeonatos no país foi o empresário do treinador palmeirense, Hugo Cajuda.

Destacando o calendário encavalado que o Palmeiras tem enfrentado, o agente do técnico português não poupou críticas em publicação no seu Instagram.

“O Palmeiras fez oito jogos oficiais em 16 dias e vai fazer 12 em 24 dias. Uma média inferior a 48 horas de repouso entre partidas. Quem decide só pode querer matar o futebol e jogadores”, escreveu Cajuda, marcando o perfil da Fifa na rede social e questionando: “Onde está você?”

Em mais uma exemplo da maratona de jogos, o Verdão volta a campo nesta quinta-feira (6), para enfrentar o Santos, no clássico que será disputado no Allianz Parque, às 21h. Com o desgaste que a sequência tem gerado em seu elenco, Abel fez coro ao empresário e também detonou o calendário.

“Temos 24 horas para preparar cada jogo. Já falamos o que significa o Paulista para nós. Eu sei que muita gente fala do nosso planejamento, da nossa organização, mas nós não controlamos a pandemia. Não temos culpa de ter que fazer dois jogos a cada três dias. Portanto, temos que priorizar competições”, disse o treinador.

“Vamos fazer o que for possível no Paulista, vamos lutar com a melhor equipe, percebendo que os jogadores que jogaram hoje não podem jogar daqui a dois dias. Temos lesionados que são fruto do calendário, da pandemia, da organização dos jogos que não tem nada a ver com a organização do treinador ou da estrutura do Palmeiras, que quer entrar em todas competições para vencer”, completou.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa