Verdão pode até perder por 2 a 0 que se garante nas quartas de final da competição. Foto: Cesar Greco

Verdão pode até perder por 2 a 0 que se garante nas quartas de final da competição. Foto: Cesar Greco

Após construir boa vantagem na partida de ida, o Palmeiras recebe o Delfin, do Equador, nesta quarta-feira, às 19h15, no Allianz Parque, pelo segundo jogo das oitavas de final da Taça Libertadores. Depois de vencer por 3 a 1 na ida, na casa do adversário, o Verdão pode até perder por 2 a 0 que ainda assim leva a classificação. Aos equatorianos somente a vitória por 3  gols de diferença interessa.

Verdão tem quase todo o elenco à disposição após surto de coronavírus

Depois de enfrentar um surto de Covid-19 que atingiu boa parte de seu elenco, o técnico Abel Ferreira finalmente tem um pouco mais de tranquilidade para montar a equipe. Destaque da equipe desde que o técnico português assumiu o comando, Raphael Veiga volta a ficar à disposição após se recuperar da Covid, assim como o atacante Willian. Desfalques certos ficam por conta de Felipe Melo (cirurgia no tornozelo), Wesley (cirurgia no joelho), Luan Silva (cirurgia no joelho), Luiz Adriano (lesão na coxa), Marcos Rocha e Renan (Covid-19).

Delfin tenta milagre no Allianz Parque

Para se classificar o Delfin precisará não só reverter a diferença construído pelo Verdão, mas também precisará passar por cima da má fase da equipe. O time equatoriano comandado pelo técnico Miguel Ángel Zahzú chega com força máxima, mas não vem em bom momento, e ocupa apenas a 10ª posição no campeonato local.

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES

PALMEIRAS: Weverton; Gabriel Menino, Luan, Gustavo Gómez e Viña; Danilo, Zé Rafael, Lucas Lima; Gabriel Verón e Rony

DELFIN: Banguera; Jonathan González, Cangá, Ale e Nazareno; Vélez, Ortiz, Janner Corozo e Benítez; Valencia e Garcés

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa