Jornalista fez um balanço positivo da etapa realizada em Interlagos. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

Jornalista fez um balanço positivo da etapa realizada em Interlagos. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

Diretor de Imprensa do GP São Paulo de Fórmula 1, cargo que ocupa desde 2006, quando a etapa paulistana era chamada de Grande Prêmio Brasil, o jornalista Castilho de Andrade incluiu a prova do último fim de semana em seu "top-5" dentre aquelas que viu no circuito paulistano, e fez um balanço positivo do evento em Interlagos, palco da 19ª etapa do Mundial, prova que terminou com categórica vitória do britânico Lewis Hamilton, sua 101ª na categoria, que permitiu que a desvantagem para Max Verstappen fosse reduzida de 21 para 14 pontos.

Castilho, que iniciou como jornalista no interior paulista, em um jornal do município de Jundiaí, debutou no automobilismo pelo extinto "Jornal da Tarde", após a primeira vitória de Emerson Fittipaldi na Fórmula 1, no GP dos Estados Unidos de 1970, disputado no circuito de Watkins Glen.

Depois daquela, foram mais 100 vitórias brasileiras na categoria: 13 do próprio Emerson, uma de José Carlos Pace, 23 de Nelson Piquet, 41 de Ayrton Senna, 11 de Rubens Barrichello e outras 11 de Felipe Massa.

O experiente Castilho de Andrade falou com exclusividade nesta terça-feira (16) ao Portal Terceiro Tempo, site de Milton Neves que desde 2009 tem uma área dedicada ao automobilismo, o "Bella Macchina", que esteve "in loco" fazendo a cobertura do GP São Paulo de F1.

BALANÇO DO GP SÃO PAULO DE F1

"O balanço foi positivo. A resposta da mídia nacional e estrangeira deixou isso claro. Conversei com jornalistas de diversos países, após a corrida, e todos elogiaram muito à reação do público nas ultrapassagens, largada, chegada, etc. Havia mesmo uma vontade grande de se manifestar de modo coletivo. O grito do nome de Senna, que morreu antes de parte do público nascer, é sintomático. Mas Lewis Hamilton, simplesmente, arrasou", avalia Castilho.

Largada do GP São Paulo de F1 em Interlagos. Foto: Beto Issa/F1/Divulgação

QUALIFYING RACE

"Acho que a Qualifying Race veio para ficar e torço por isso. Ela valoriza muito todo o final de semana, oferece duas corridas para o público, embaralha a escolha de pneus. Sou totalmente a favor", pondera.

GP DE 2021 ENTRA NO "TOP-5"

"Sobre os meus top 5 GPs de F1 em Interlagos, coloco a vitória de Emerson em 73 com Jackie Stewart em 2º, Pace em 75 com Emerson em 2º, Senna em 91, Massa em 2008 com Alonso em 2º e essa de Lewis Hamilton em 2021", opina Castilho.

HAMILTON COM A BANDEIRA BRASILEIRA

"Não sabia que havia um fiscal com bandeira brasileira. Interessante porque não temos, no momento, nenhum brasileiro na F1. E dos 20 que estão correndo, Lewis Hamilton é quem mais poderia carregar a bandeira com `sentimento´ porque ele é muito identificado com o Brasil, com Ayrton Senna, etc. A imagem do pódio é emblemática e não será esquecida", atesta o jornalista.

Vitória quase brasileira de Hamilton no GP de São Paulo de Fórmula 1 no último domingo (14). Britânico adotou a bandeira nacional ainda no carro, comemorando seu triunfo a bordo da Mercedes, e no pódio de Interlagos. Foto: Beto Issa/F1/Divulgação

É POSSÍVEL INTERLAGOS RECEBER MAIS PÚBLICO?

"Toda praça esportiva tem suas limitações óbvias de capacidade de público para assegurar conforto, segurança, etc. Em um autódromo isso não é diferente. Mas quem sabe não estudam uma reordenação dos espaços?", finalizou Castilho de Andrade.

Arquibancadas lotadas em Interlagos. Na imagem, vista parcial do "Setor A". Foto: Beto Issa/F1/Divulgação

RECORDE DE PÚBLICO E DE OLHO EM 2022

O evento, considerando-se os três dias, registrou novo recorde de público, com 181.711 espectadores. O recorde anterior, então GP Brasil de Fórmula 1, fora registrado em 2001, com pouco mais de 174 mil espectadores. A última edição, disputada em 2019 (em 2020 a prova foi cancelada em razão da pandemia), contou com 158. 213 pagantes. 

Na esteira deste sucesso, a organização do GP São Paulo de F1 já abriu uma lista de espera para o lote exclusivo de ingressos da corrida de 2022, que será a penúltima etapa do próximo Mundial, marcada para nos dias 11, 12 e 13 de novembro no Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos.

Este primeiro lote será limitado e exclusivo para os clientes pré-cadastrados no site oficial do evento, através de sua área especificamente criada para esta finalidade. Clique aqui e acesse.

Fotógrafos miram suas teleobjetivas para o pódio. O público não se conteve e invadiu a Reta dos Boxes, a exemplo do que os italianos fazem em Monza. Foto: Beto Issa/F1/Divulgação

PRÓXIMA ETAPA

O circo da Fórmula 1 terá uma tarefa hercúlea para, no próximo fim de semana estar todo montado em Losail, no Catar, 20ª etapa do Mundial, circuito que pela primeira vez receberá a categoria máxima de automobilismo. A prova será no domingo (21).

Depois, a F1 seguirá no Oriente Médio para as duas provas derradeiras do campeonato: os GPs da Arábia Saudita (5 de dezembro em Jedá) e Abu Dhabi (12 de dezembro em Yas Marina).

CALENDÁRIO COMPLETO DA FÓRMULA 1 EM 2021*

ETAPAS JÁ REALIZADAS

1. GP do Bahrein (Sakhir) – 28 de março - Pole de Max Verstappen (1mi28s997) - Vitória de Lewis Hamilton
2. GP da Emilia-Romagna (Ímola) – 18 de Abril - Pole de Lewis Hamilton (1min14s411) - Vitória de Max Verstappen
3. GP de Portugal (Algarve/Portimão) – 2 de maio - Pole de Valtteri Bottas (1min18s348) - Vitória de Lewis Hamilton
4. GP da Espanha (Montmeló) – 9 de maio - Pole de Lewis Hamilton (1min16s741) - Vitória de Lewis Hamilton
5. GP de Mônaco (Monte Carlo) – 23 de maio - Pole de Charles Leclerc (1min10s346) - Vitória de Max Verstappen
6. GP do Azerbaijão (Baku) – 6 de junho - Pole de Charles Leclerc (1min41s218) - Vitória de Sergio Pérez
7. GP da França (Paul Ricard) – 20 de junho - Pole de Max Versappen (1min29s990) - Vitória de Max Verstappen
8. GP da Estíria (Red Bull Ring) – 27 de junho - Pole de Max Verstappen (1min03s841) - Vitória de Max Verstappen
9. GP da Áustria (Red Bull Ring) – 4 de julho - Pole de Max Verstappen (1min03s720) - Vitória de Max Verstappen
10. GP da Grã-Bretanha (Silverstone) – 18 de julho - Pole de Max Verstappen (Sprint) - Vitória de Lewis Hamilton
11. GP da Hungria (Hungaroring) – 1º de agosto - Pole de Lewis Hamilton (1min15s419) - Vitória de Esteban Ocon
12. GP da Bélgica (Spa-Francorchamps) – 29 de agosto - Pole de Max Verstappen (1min59s765) - Vitória de Max Verstappen (valendo metade dos pontos)
13. GP da Holanda (Zandvoort) – 5 de setembro - Pole de Max Verstappen (1min08s885) - Vitória de Max Verstappen
14. GP da Itália – (Monza) - 12 de setembro - Pole de Max Verstappen (Sprint) - Vitória de Daniel Ricciardo
15. GP da Rússia – (Sóchi) - 26 de setembro - Pole de Lando Norris (1min41s993) - Vitória de Lewis Hamilton
16. GP da Turquia (Istambul) – 10 de outubro - Pole de Valtteri Bottas (1min22s998) - Vitória de Valtteri Bottas
17. GP dos Estados Unidos (Austin) 24 de outubro - Pole de Max Verstappen (1min32s910) - Vitória de Max Verstappen
18. GP da Cidade do México (Hermanos Rodriguez) - 7 de novembro - Pole de Valtteri Bottas (1min15s875) - Vitória de Max Verstappen
19. GP de São Paulo (Interlagos) - 14 de novembro - Pole de Valtteri Bottas (Sprint) - Vitória de Lewis Hamilton

PRÓXIMAS ETAPAS:

20. GP do Catar (Losail) - 21 de novembro
21. GP da Arábia Saudita (Jedá) – 5 de dezembro
22. GP de Abu Dhabi (Yas Marina) - 12 de dezembro

* Sujeito a alterações por conta da pandemia do novo coronavírus

      

  

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOUTUBE

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa