Treinador são-paulino lamentou chances perdidas no primeiro jogo contra o Grêmio. Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Treinador são-paulino lamentou chances perdidas no primeiro jogo contra o Grêmio. Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Após eliminação para o Grêmio na noite da última quarta-feira (30), pela Copa do Brasil, o técnico do São Paulo, Fernando Diniz, não poupou críticas ao árbitro da partida. O comandante tricolor criticou a arbitragem que, segundo ele, foi conivente com a postura gremista que tentou atrasar o jogo e não deu os acréscimos devidos.

“A arbitragem foi conivente com o que o Grêmio fez desde o primeiro minuto. E começou em Porto Alegre. Não quer dizer que se tivesse dez minutos (de acréscimo) a gente faria (o gol), não estou falando isso. Em relação à arbitragem, acontece rotineiramente, os times que não querem jogar são beneficiados. Ele terminou o jogo antes até. Em vez de sete minutos, ele deu três. Parou pelo Toró, pelo Vanderlei, a minha reclamação é essa. E ninguém tem bola de cristal para saber se sairá o gol”, detonou o treinador do time do Morumbi

Diniz ainda lamentou a derrota no jogo de ida das semifinais, quando sua equipe saiu derrotada por 1 a 0 após perder as principais oportunidades da partida.

“Em relação ao jogo, não dá pra desconsiderar o jogo de Porto Alegre. A gente teve as chances mais claras lá, não conseguimos, e eles trouxeram a vantagem. Conseguiram fazer um jogo forte de marcação, a gente teve dificuldades para criar, criamos pouco. A proposta do Grêmio era tentar o 0 a 0 e conseguiram”, afirmou Diniz.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa