Zagueiro cruzeirense também enalteceu o trabalho de Mano Menezes. Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Zagueiro cruzeirense também enalteceu o trabalho de Mano Menezes. Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

O zagueiro Léo, de 31 anos, apontou a história vitoriosa de Rogério Ceni como um dos trunfos do agora técnico cruzeirense já a partir do próximo domingo (18), dia em que o time celeste enfrenta o Santos pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Mineirão.

Léo,  entretanto, fez questão de enaltecer o legado deixado por Mano Menezes, que deixou o clube após derrota para o Internacional no último dia 7, quando a equipe gaúcha venceu o Cruzeiro por 1 a 0 no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil, no Mineirão.

“Tivemos três anos com a filosofia do Mano, um treinador que encerrou seu ciclo vitorioso, de conquistas de títulos. O Mano deixou sua história aqui no clube com seu trabalho. Agora começa um novo ciclo do Rogério. A primeira impressão que tivemos dele foi muito boa. Todo o elenco está abraçando sua chegada para que ele possa fazer seu trabalho, para que ele conquiste títulos também. Ele já tem como jogador uma história muito vitoriosa. É um líder. A gente espera que ele marque sua história e faça com que a gente consiga voos altos”, avaliou Léo, que defende as cores cruzeirenses desde 2010, após passar por Palmeiras e Grêmio, clube em que iniciou sua carreira profissional.

Cruzeiro e Santos vivem situações distintas no Campeonato Brasileiro. O Cruzeiro é a primeira equipe fora da zona da degola, em 17º, com 11 pontos. O Santos, por sua vez, lidera com 32 pontos, três à frente do Palmeiras, o segundo colocado.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    39
  • 2 San
    37
  • 3 Pal
    36
  • 4 Cor
    32
  • 5 São
    31
  • Veja tabela completa