Cuca, técnico do Santos. Foto: Ivan Storti/Santos

Cuca, técnico do Santos. Foto: Ivan Storti/Santos

O Santos venceu o Atlético-MG na noite da última quarta-feira (9), na Vila Belmiro, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Após o triunfo, o técnico Cuca negou clima de revanche contra Sampaoli, ex-treinador do Peixe. Mas disse que jogar contra o argentino empolga os jogadores.

"Eu acho que jogar contra o Sampaoli motiva a todos. É um grande treinador, cheio de ideias novas, tem sangue na veia. Ele e a comissão dele, o preparador tava bravo hoje. Eu acalmei ele, imagina, eu acalmei ele (risos). Mas eles sabem que têm time para brigar na parte de cima, e lógico que eles vendem muito caro a derrota. E a gente tem que saborear isso porque ganhamos de um grande time com uma grande comissão técnica", disse Cuca.

Cuca disse ainda que considera este o melhor momento do Santos no Campeonato Brasileiro deste ano.

"É o melhor porque ganhamos duas seguidas e da maneira que ganhamos, com a dificuldade na montagem da equipe. Foi muito difícil. Eu montei do jeito que a gente entendia, botando algum jogador diferente e deu certo. Jogo muito perigoso, acho que todos estão felizes, o torcedor deve estar contente com a luta dos meninos. Tinha tudo para estar todo mundo p da vida: salário atrasado, não vou jogar, mas ninguém está falando nada. Todo mundo está unido, pessoal está correndo atrás para darmos uma organizada melhor, a diretoria e o presidente, e daqui a pouco vamos melhorar ainda mais", completou.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Int
    12
  • 2 Vas
    10
  • 3 Atl
    9
  • 4 São
    10
  • 5 Pal
    8
  • Veja tabela completa