Treinador argentino destacou ter conversas com os rivais paulistas. Foto: Facebook/Reprodução

Treinador argentino destacou ter conversas com os rivais paulistas. Foto: Facebook/Reprodução

Principal nome para substituir Fernando Diniz e assumir o comando técnico do São Paulo, o argentino Hernán Crespo admitiu que tem conversas com o Tricolor, mas negou ter um acerto com o time do Morumbi. O argentino ainda revelou ter recebido proposta de mais um clube brasileiro: o Santos.

Crespo se desligou de seu ex-clube, o Defensa Y Justicia, no último domingo (7) e seu acerto com o São Paulo passou a ser noticiado no Brasil e na Argentina. Em entrevista à TyC Sports, porém, o treinador disse que preferiu deixar sua ex-equipe para aí sim poder negociar com outros times.

“Não assinei com ninguém. Não saí do Defensa por isso. Me pareceu correto analisar situações e liberar o Defensa porque não seria saudável para dirigentes e jogadores tudo isso, principalmente no início de uma temporada. Que eu não esteja 101% focado nisso”, disse Crespo à TV argentina.

“Não assinei com ninguém. Fala-se com Santos, São Paulo, seleção do Chile, mas não decidi nada. Pode ser que amanhã eu pegue um voo para assinar com alguém ou ficar dois, três meses tranquilo”, declarou o treinador de 45 anos.

Crespo foi um dos treinadores entrevistados pela diretoria do São Paulo na última semana. Segundo o repórter dos canais ESPN, André Plihal, o argentino encaminhou um acerto com o Tricolor. No lado santista, o ex-centroavante é considerado caro, mas, segundo o UOL Esporte, o Peixe ainda tem negociações abertas com o ex-comandante do Defensa Y Justicia. O objetivo alvinegro é tentar baixar a pedida salarial do argentino.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa