Fábio Carille chega à parada da Copa América com desafio no Corinthians. Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians/ Via UOL

Fábio Carille chega à parada da Copa América com desafio no Corinthians. Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians/ Via UOL

O Corinthians é o clube que mais recua após fazer gols no Campeonato Brasileiro. Nos oito jogos em que disputou até aqui, o Alvinegro só voltou a finalizar à meta adversária em média 0,5 vez no período imediatamente depois de cada gol que marcou. Grosso modo, o Timão praticamente desiste de atacar pouco depois de um gol feito.

Nenhum dos outros 19 times do Brasileirão chuta tão pouco nos momentos que sucedem seus gols. Só outras três equipes têm média inferior a um chute a gol nos 15 minutos de "ressaca pós-gol": Cruzeiro (0,78), Goiás (0,67) e Chapecoense (0,6). Os números são quebrados pois trata-se de uma média, além de haver gols marcados nas retas finais dos jogos - todos os dados são do Footstats.

A média do Corinthians é quase três vezes menor do que a do Brasileirão (1,41), e no extremo oposto está o Atlético-MG, time que mais se empolga após seus gols e chuta em média outras 2,5 vezes. Na prática, o time mineiro aproveita o momento e tenta sufocar o adversário; enquanto o Timão se contenta e recua.

Este recuo fica claro também no número de passes trocados nos mesmos 15 minutos pós-gol. O Corinthians troca apenas 28 passes (menos de dois por minuto) durante este período, tendo a 15ª pior marca do Brasileirão neste quesito.

É para atacar mais e solucionar os vários problemas do Corinthians que Fábio Carille retoma os treinamentos na segunda-feira (24), no CT Joaquim Grava. O Alvinegro tem amistosos contra Botafogo-SP e Vila Nova-GO nos próximos dias 29 de junho e 4 de julho, depois retoma a campanha no Brasileirão contra o CSA, no dia 14.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa