Operação da Polícia Federal prendem três conselheiros do Cruzeiro na manhã de hoje

Operação da Polícia Federal prendem três conselheiros do Cruzeiro na manhã de hoje

Do UOL, em Belo Horizonte

Membro do Conselho Deliberativo do Cruzeiro e indicado por Zezé Perrella para formar a comissão que irá apurar as denúncias contra o clube, Marcio Antonio Camillozzi Marra foi preso na manhã de hoje em operação da Polícia Federal. Outras duas pessoas ligadas à entidade também acabaram detidos na mesma operação. São eles: Carlos Alberto Arges Júnior e Ildeu da Cunha Pereira. A informação foi publicada pelo portal G1 e confirmada pelo UOL.

Márcio Marra é escrivão da Polícia Federal e foi apontado como suspeito de retirar documentos sigilosos e vazar dados do sistema da corporação. Os outros dois advogados também são servidores da Polícia Federal, que investiga os crimes de corrupção ativa, passiva, organização criminosa, obstrução de justiça e violação de sigilo funcional.

Também conselheiro, o advogado Carlos Alberto Arges já prestou serviço para o Cruzeiro. Já Ildeu da Cunha Pereira foi superintendente jurídico do Cruzeiro na gestão dos irmãos Perrella e também representa Itair Machado, vice-presidente de futebol do clube, em alguns processos.

A operação da Polícia Federal foi batizada de Escobar. Nela, a irmã do deputado federal Aécio Neves (PSDB), Andrea Neves, foi intimada a depor.

Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa