Zé Macaco (na foto com a então prefeita Telma de Souza) chegou a vereador na cidade do litoral paulista. Foto: Reprodução

Zé Macaco (na foto com a então prefeita Telma de Souza) chegou a vereador na cidade do litoral paulista. Foto: Reprodução

O saudoso João Vicente da Cunha, popularmente conhecido como Zé Macaco (1933-2006), marcou época na cidade de Santos a partir da década de 1950, utilizando-se de uma lata de azeite com uma lâmpada vermelha (alimentada à pilha) que simulava um gravador, para entrevistar as personalidades da cidade, principalmente os jogadores do Santos Futebol Clube para uma fictícia "Rádio Saboó".

E não apenas jogadores de futebol passaram pelo "repórter" Zé Macaco, mas até o então presidente Juscelino Kubitschek.

Sua popularidade foi tamanha que acabou sendo eleito vereador em Santos com a maior votação no pleito de 1988, com 10.913 votos.

Em 1992, após um grave acidente automobilístico, em que sua esposa acabou morrendo, o então vereador sofreu grave lesão em uma perna e acabou se aposentando por invalidez.

Morreu em 2006, aos 73 anos, de causa desconhecida.

CLIQUE AQUI E VEJA A BELA REPORTAGEM (COM VÍDEO), FEITA PELA ESPN EM 2014 SOBRE ZÉ MACACO, O HOMEM QUE ENTREVISTAVA OS CRAQUES DO SANTOS COM UMA LATA DE AZEITE.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa