Treinador são-paulino pediu apoio e paciência da torcida na luta contra o rebaixamento. Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Treinador são-paulino pediu apoio e paciência da torcida na luta contra o rebaixamento. Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

A realidade do São Paulo no Campeonato Brasileiro hoje é a luta contra o rebaixamento e o técnico Rogério Ceni não esconde isso. Após o empate com o Athletico-PR na última quarta-feira (24), em pleno Morumbi, o treinador tricolor foi sincero ao comentar a situação do clube.

Ceni destacou que o ano é complicado para o São Paulo e afirmou que as próximas temporadas também serão problemáticas para o clube.

“São Paulo ganhou nove jogos em 34, não é de agora que o problema vem. Qual a sequência que o São Paulo teve? É um momento difícil, de dificuldade, acho que está na hora de todo mundo entender a realidade do clube. Vai ser um final de ano difícil, e serão, acredito eu, anos difíceis para o São Paulo, com qualquer profissional que esteja aqui, com qualquer diretoria que esteja aqui”, disse o comandante são-paulino.

“As dificuldades existem e têm que ser explicadas ao torcedor. Ele tem que ajudar, tem que ser paciente, vai ter que ajudar muito o São Paulo nesse momento. É um momento crítico da história do clube. Acreditem no que estou falando para vocês. Para quem viveu aqui 26 anos, voltando agora, pelos últimos 31 anos, é um momento crítico, difícil”, completou.

Com o empate, o São Paulo chegou a 42 pontos e se manteve na 14ª posição, com seis pontos de vantagem para o Bahia, que é o primeiro time dentro da zona de rebaixamento. O clube baiano, porém, joga na próxima sexta-feira (26), para enfrentar o Grêmio, e pode reduzir a distância para os paulistas.

Na reta final do Brasileirão, o Tricolor Paulista tem mais quatro jogos: Sport, Grêmio, Juventude e América-MG.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa