Peixe precisa vencer por dois gols de diferença para ficar com a vaga na semifinal. Foto: Ivan Storti/Santos FC

Peixe precisa vencer por dois gols de diferença para ficar com a vaga na semifinal. Foto: Ivan Storti/Santos FC

É hora de decisão na Vila Belmiro: o Santos recebe o Athletico-PR nesta terça-feira (14), às 21h30, na cidade de Santos, no jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil.

No duelo de ida, na Arena da Baixada, o Furacão foi quem levou a melhor e venceu o jogo por 1 a 0. Agora, aos paranaenses basta um empate para levar a vaga na semifinal. Já o Peixe precisa de uma vitória por dois gols de diferença para avançar. O classificado arrecada uma premiação de R$ 7,3 milhões.

Santos chega cheio de problemas

Vivendo uma decisão logo em seu segundo jogo no comando da equipe, o técnico Fábio Carille chega com muitos problemas para montar a equipe, especialmente na defesa. Por lesão, o Santos não conta com Kaiky, John, Kevin Malthus, Sandry, Jobson, Luiz Felipe e Robson Reis. Madson, com dores, também não foi relacionado. Léo Baptistão e Emiliano Velázquez não foram inscritos na Copa do Brasil, enquanto Danilo Boza, Moraes e Camacho jogaram esta edição da competição por outros times. A principal novidade no Peixe é o zagueiro Derick, do sub-20, que foi promovido ao time principal pela falta de jogadores no setor, além do atacante Diego Tardelli, que foi relacionado pela primeira vez e pode estrear pela equipe.

Furacão não chega em bom momento

Se no Santos as coisas não estão boas, no Athletico não estão melhores. O clube perdeu recentemente o técnico Antonio Oliveira e não vive boa fase, tanto que vem de derrota para o América-MG no Brasileiro. Para o duelo na Vila, os paranaenses não poderão contar com o meia-atacante Jader, lesionado. Além disso, Bissoli (já atuou atuou na competição pelo Cruzeiro); Léo Cittadini (Covid-19); Lucas Halter, e Matheus Babi (departamento médico) também desfalcam a equipe, que será comandada por Paulo Autuori.

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES

SANTOS: João Paulo, Pará, Derick, Wagner Leonardo e Felipe Jonatan; Jean Mota (Vinicius Balieiro), Sánchez e Gabriel Pirani; Marinho (Marcos Guilherme), Raniel e Lucas Braga.

ATHLETICO-PR: Santos; Marcinho, Pedro Henrique (Zé Ivaldo), Thiago Heleno e Abner; Richard, Christian, Erick (Fernando Canesin); David Terans, Nikão e Renato Kayzer.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa