As negociações de dois atletas foram importantes para equilibrar o caixa do clube. (Foto: Palmeiras)

As negociações de dois atletas foram importantes para equilibrar o caixa do clube. (Foto: Palmeiras)

O Palmeiras aprovou o balanço financeiro de dezembro de 2019. De acordo com o Comitê de Orientação Fiscal (COF), o Verdão fechou o último mês do ano com o superávit de 44 milhões de reais.

As cifras vieram especialmente das negociações de dois jogadores. O atacante Artur que foi para o Red Bull Bragantino e assinou contrato por cinco anos. Enquanto Carlos Eduardo foi emprestado ao Athletico.

Os relatórios ainda indicaram que o time registrou uma receita de 110 milhões de reais com a venda de jogadores no último ano. Com o valor em caixa, o Palmeiras terminou a temporada no azul, com 2 milhões de reais. Mesmo com o saldo positivo nos cofres, nesse ano o time mudou a forma de contratar e reduziu o número de reforços para a temporada.

Se anteriormente o Palmeiras saia contratando tudo que enxergava como oportunidade de mercado; a primeira novidade para 2020 foi anunciada apenas nessa semana. O lateral uruguaio Matías Viña foi o primeiro reforço para a equipe de Vanderlei Luxemburgo e custou, aproximadamente, 16.5 milhões de reais que serão pagos em três parcelas.

(Foto: Reprodução Site do Palmeiras)

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa