Treinador são-paulino mostrou preocupação com a situação da equipe. Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Treinador são-paulino mostrou preocupação com a situação da equipe. Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Oscilando bastante na temporada, o São Paulo tem um objetivo nesse momento: se manter vivo nas três competições que disputa até a abertura da janela de transferências. Após o empate do Tricolor com o Juventude na último domingo (26), pelo Brasileirão, o treinador Rogério Ceni destacou que tem como missão manter a equipe bem até o dia 18 de julho, quando reforços poderão chegar ao Morumbi.

“Vamos tentar levar o São Paulo ao máximo, chegar vivo no dia 18 em todas as competições. Vamos tentar sobreviver, este é o grande desafio. Se não sobreviver, não adianta ter um elenco de 35 se você jogar apenas um campeonato. Temos que nos preparar antes, se não vira improviso”, disse Rogério, que vem cobrando a chegada de mais jogadores para qualificar seu elenco.

Preocupado com a situação da equipe, Ceni afirmou não deixará de priorizar o Brasileirão e destacou o quão “traiçoeiro” é o campeonato.

“O Campeonato Brasileiro é ingrato. Se não der atenção, ele se volta contra você de uma tal maneira...vamos sempre tentar fazer o melhor time que a gente puder”, afirmou.

O Tricolor agora vira a chave para jogar pela terceira competição diferente em pouco mais de uma semana. Depois de entrar em campo pela Copa do Brasil e Brasileiro na última semana, na próxima quinta-feira (30), o time de Ceni encara a Universidad Católica, no jogo da ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa