Treinador são-paulino viu om naturalidade a oscilação do goleiro. Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Treinador são-paulino viu om naturalidade a oscilação do goleiro. Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

O goleiro Thiago Couto foi o grande herói da vitória do São Paulo sobre o América-MG, pela Copa do Brasil. O jovem arqueiro tricolor defendeu um pênalti que assegurou o placar de 1 a 0 para o time do Morumbi e ganhou elogios do técnico Rogério Ceni.

Em entrevista coletiva após a partida, Ceni elogiou e defendeu o goleiro, que tem apenas 23 anos e foi muito criticado após assumir o gol são-paulino com a lesão de Jandrei.

“Foi positivo para ele (defesa do pênalti) e para nós também. Thiago Couto tem 23 anos, poucos jogos de profissional. Tem o nervosismo, você vê nos olhos dele. É de se destacar que o time estava muito mexido nos últimos dois jogos. Hoje facilitou. Feliz pela defesa de pênalti, que pode trazer mais confiança”, disse Ceni.

“Conheço do dia a dia, ele joga muito bem com os pés. É normal a falta de confiança. Eu também com 35 anos, muitas vezes sentia. Será importante para o seguimento da carreira dele. Com o passar dos jogos vai jogar melhor, é o natural da vida. Na sua primeira entrevista, você também ficou nervoso”, completou.

Thiago Couto assumiu a meta tricolor com a lesão de Jandrei no dia 17 de julho. A insegurança do jovem goleiro levou a diretoria correr atrás de um goleiro experiente para compor o elenco e quem está perto de um acerto é Felipe Alves, atualmente no Juventude.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa