Em 1974, o arqueiro defendeu o Corinthians. Foto: Divulgação

Em 1974, o arqueiro defendeu o Corinthians. Foto: Divulgação

O saudoso Carlos Adolfo Buttice (1942-2018), goleiro que defendeu três equipes brasileiras, o América-RJ (1971), o Bahia (entre 1972 e 1974) e o Corinthians (em 1974), foi o argentino que mais vezes jogou contra Pelé sem nunca ter sofrido um gol do Rei do Futebol, que há exatos 52 anos marcava seu milésimo gol, justamente contra um também goleiro argentino, o também já falecido Andrada (1939-2019), do Vasco da Gama.

Enquanto muitos goleiros sofreram com o camisa 10 do Santos e da Seleção Brasileira, Buttice foi um ponto fora da curva nesse quesito.

Foram 15 confrontos de Buttice contra Pelé, em que o bom arqueiro argentino, por várias equipes, jamais buscou uma bola no fundo das redes que tenha sido chutada ou cabeceada pelo camisa 10 mais famoso do mundo.

Buttice, aliás, foi o primeiro jogador argentino a atuar pelo Corinthians, e por pouco não evitou o gol de Ronaldo Drummond (1946 - 2020) na decisão do Campeonato Paulista de 1974 contra o Palmeiras, no Morumbi. Buttice chegou a tocar com a mão esquerda na bola chutada pelo centroavante alviverde.

Apelidado de "Batman", pela impressionante elasticidade que possuía para voos cinematográficos em que encaixava a bola (raramente espalmando), Buttice é até hoje reconhecido como um dos maiores ídolos do San Lorenzo de Almagro, clube argentino que defendeu entre 1966 e 1971. Fez quatro jogos pela seleção argentina, entre 1967 e 1968.

Um goleiro à frente do seu tempo, Buttice tinha grande habilidade com os pés, a ponto de muitas vezes sair jogando como um líbero, característica adotada por um compatriota seu alguns anos mais tarde, o também excelente goleiro Ubaldo Fillol.

Se Buttice passou incólume contra Pelé, curiosamente foi também um goleiro argentino que sofreu o milésimo gol de Pelé, Andrada, na noite de 19 de novembro de 1969, na vitória do Santos sobre o Vasco por 2 a 1.

ABAIXO, EM 1987, JÁ APOSENTADO, MAS DEFENDENDO A SELEÇÃO DE MASTERS DA ARGENTINA, BUTTICE TEVE UMA EXCEPCIONAL ATUAÇÃO CONTRA O BRASIL NA COPA PELÉ, EM JOGO DISPUTADO NO PACAEMBU, COM VITÓRIA ARGENTINA POR 1 A 0. VÍDEO DO PROGRAMA "GOL, O GRANDE MOMENTO", COM LOCUÇÃO DE MILTON NEVES

Buttice é cumprimentado por Pelé em 1987, no Pacaembu, na Copa Pelé. Buttice jogou pela equipe master da Argentina contra o Brasil. Pelé não jogou e a Argentina venceu por 1 a 0, com uma excepcional atuação de Buttice. Foto: Reprodução

Em pé: Zé Maria, Buttice, Tião, Brito, Baldochi e Wladimir. Agachados: Vaguinho, Lance, Zé Roberto, Pita e Peri. A foto e a legenda foram retiradas do blog Tardes de Pacaembu


 


Os argentinos Buticce e Héctor Veira jogaram juntos no San Lorenzo de Almagro e no Corinthians. Notem a precariedade do vestiário sem armários, com as roupas penduradas na parede, os meiões frouxos, o cadarço das chuteiras... E Buticce protegia o joelho machucado com um esparadrapo. Foto: Divulgação


O ótimo Buticce gostava de jogar com camisa e meias azuis. Foto: Divulgação


A partida está prestes a começar n final dos anos 60 e Buticce, encosta sua mão esquerda na trave, com a base pintada de vermelho. Foto: Divulgação


Albrecht e Buticce nos anos 60, pelo San Lorenzo de Almagro, da Argentina. Foto: Divulgação


No começo dos anos 70 e em 2010


Durante entrevista ao programa argentino Relaciones Humanas. Reprodução YouTube


O Bahia com uma bela camisa azul. Em pé: Buticce, Odair, Onça, Mário Braga, Baiaco e Paulo Henrique. Agachados: Natal, Amorim, Picolé, Eliseu e Gílson Porto. Foto enviada por Walter Roberto Peres e publicada na Revista Placar


EM PÉ: Zé Maria, Buttice, Tião, Brito, Ademir e Wladimir. AGACHADOS: Vaguinho, Lance, Zé Roberto, Rivellino e Adãozinho


Buticce jogou pelo Bahia entre 1972 e 1974. Em pé, da esquerda para a direita: Buticce, Sapatão, Roberto Rebouças, Altivo, Baiaco e Ubaldo. Agachados: Natal, Douglas, Picolé, Fito e Peri


Veja esse belo time do Bahia de 1973. Em pé, da esquerda para a direita, vemos: Buticce, Roberto Rebouças, Romero, Washington, Baiaco e Ubaldo. Agachados: Natal, Douglas, Picolé, Fito e Peri. A foto é da revista Manchete e nos foi enviada por Walter Roberto Peres, pesquisador de Santos-SP


Buticce defendeu a equipe do Bahia entre 1972 e 1974. Reprodução YouTube


O Bahia de 1972. Em pé, da esquerda para direita: Buttice, Luiz Alberto, Onça, Roberto Rebouças, Elizeu e Paulo Henrique. Agachados: Natal, Sima, João Daniel, Baiaco e Gilson Porto


Marcos Falopa dando aquecimento para jogadores da seleção de estrangeiros que fez dois jogo contra a seleção brasileira, em 1976. Na foto, no antigo Palestra Itália, aparecem o holandês Cruyff e o goleiro argentino Buttice.


Em pé: Buticce, Sergio, Badeco, Alex, Mareco e Zé Carlos. Agachados: o massagista Santana, Tarciso, Tadeu Ricci, Jeremias, Edu e Canhoteiro.


Bela foto de Buticce com a camisa do Corinthians

 
 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa