Treinador português não resistiu à crise no Estádio da Luz. Foto: Facebook/Reprodução

Treinador português não resistiu à crise no Estádio da Luz. Foto: Facebook/Reprodução

Sonho de consumo do Flamengo até pouco tempo e agora alvo do Atlético-MG, Jorge Jesus está oficialmente fora do Benfica. O clube português confirmou nesta terça-feira (28) a saída do treinador, que se tornou pivô de uma crise no Estádio da Luz.

Jesus já vinha acumulando críticas por seu trabalho a frente da equipe lisboeta, mas tudo se agravou na última semana, após reunião com a cúpula do Flamengo, que viajou para Portugal em busca de um novo treinador para comandar a equipe em 2022. No encontro com Marcos Braz e Bruno Spindel, JJ chegou a dizer que aceitaria retornar ao Ninho do Urubu. No dia seguinte, por meio de seu auxiliar, João de Deus, o treinador negou o interesse de deixar o Benfica.

A derrota do Benfica para o Porto, na última quinta-feira (23), pela Taça de Portugal, piorou o clima para o técnico, que voltou a reforçar o desejo de seguir no Estádio da Luz.

No início desta semana, porém, Jesus se desentendeu com o capitão de sua equipe, Pizzi, e afastou o jogador do restante do elenco. Após o episódio, o restante do grupo de jogadores se rebelou contra o treinador e se recusou a treinar.

Em reunião realizada nesta terça, a direção do Benfica e Jesus acertaram a rescisão contratual e confirmaram o rompimento do treinador, que agora fica livre no mercado. O português interessa ao Atlético-MG, que viu o técnico Cuca pedir demissão na última noite. 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa