Treinador argentino deixa o clube com apenas cinco derrotas no cartel. Foto: Pedro Souza/Atlético

Treinador argentino deixa o clube com apenas cinco derrotas no cartel. Foto: Pedro Souza/Atlético

Chegou ao fim a história de Antônio “Turco” Mohamed no Atlético-MG. O clube mineiro comunicou nesta sexta-feira (22) a demissão do treinador, que deixa o clube após empate com o Cuiabá, pelo Brasileirão.

Contratado no início de 2022 para substituir Cuca, após ano espetacular do clube em 2021, Turco conquistou o Campeonato Mineiro no primeiro semestre, mas não era unanimidade no clube há muito tempo. O futebol abaixo do esperado, e o início ruim do Brasileirão pressionaram o treinador, que conseguiu fazer a equipe evoluir e colar nos líderes do campeonato. A eliminação na Copa do Brasil, diante do Flamengo, tomando a virada no Maracanã depois de abrir vantagem no primeiro confronto no Mineirão, colocou ainda mais pressão sobre o argentino.

A análise interna da diretoria atleticana é de que, embora o aproveitamento de Turco no comando da equipe seja bom, o desempenho do time está abaixo do que se espera.  E a gota d´água foi a partida muito ruim no empate com o Cuiabá. No comando atleticano, Turco fez 45 jogos, com 27 vitórias, 14 empates e cinco derrotas.

Em comunicado, o clube agradeceu o treinador e anunciou que o auxiliar permanente Lucas Gonçalves comandará a equipe no jogo diante do Corinthians, no próximo domingo (24), no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro.

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa