Aos 84 anos, Zagallo carregou a tocha olímpica mesmo debilitado e em uma cadeira de rodas

Aos 84 anos, Zagallo carregou a tocha olímpica mesmo debilitado e em uma cadeira de rodas

Bruno Braz
Do UOL, no Rio de Janeiro

 Ídolo do futebol, Zagallo está internado num hospital da Zona Oeste do Rio de Janeiro. A assessoria de imprensa do local não deu maiores detalhes sobre o estado de saúde do ex-jogador e treinador da seleção brasileira, e limitou-se a dizer que ele está "recebendo atendimento médico".

Aos 84 anos, Zagallo carregou a tocha olímpica mesmo debilitado e em uma cadeira de rodas. O ídolo, que foi carregado por seu filho Mário César Zagallo, recebeu o símbolo olímpico das mãos de Carlos Alberto Parreira, seu companheiro no título da Copa do Mundo de 1994.

Pouco antes de participar do evento, Zagallo comentou sobre a honra.

"A ansiedade é muito grande, a expectativa começou na Grécia e eu em casa, mas estava acompanhando tudo. A tocha está voltada para o mundo. O mundo é o Brasil. Essa tocha para mim é um símbolo", disse Zagallo em entrevista ao SporTV.

O ex-técnico do Brasil também aproveitou para falar sobre suas expectativas quanto ao desempenho da seleção olímpica comandada por Rogério Micale.

"Eu estou torcendo. Já tive a felicidade de ganhar um bronze, não era aquilo que eu queria. Ganhando de 3 a 1, perdemos de 4 a 3. Espero que o Brasil ganhe, que eles tragam o ouro".

Zagallo tem enfrentado problemas de saúde e, de acordo com o jornal "Extra", ele foi internado no mesmo hospital este ano para tratar de uma doença no estômago.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa