Australiano venceu disputa interna em 1980 e também superou Piquet. Foto: Divulgação

Australiano venceu disputa interna em 1980 e também superou Piquet. Foto: Divulgação

Campeão da Fórmula 1 em 1980 pela Williams, atualmente comissário da Fórmula 1, o australiano Alan Jones completa 73 anos neste sábado (2).

Naquele ano foi preciso vencer a disputa interna dentro do time comandado por Frank Williams, que tinha nos mesmos boxes o ótimo argentino Carlos Reutemann, que acabou fechando o campeonato em terceiro lugar, superado por Nelson Piquet (Brabham).

Jones estreou tardiamente na Fórmula 1, mesmo para os padrões da época, aos 28 anos, em 1975, e depois de passar por equipes pequenas (Hill, Hesketh, Surtees e Shadow), em 1978 chegou a um time capaz de lhe permitir sonhar em ser campeão, a Williams.

Antes, porém, Alan Jones teve o gosto de vencer um GP, pela Shadow em 1977 (GP da Áustria). 

Mas o grande momento do australiano na F1 aconteceu na temporada de 1980, quando a Williams teve um carro competitivo a ponto de lhe permitir brigar pelo título, o que de fato aconteceu, após conquistar cinco vitórias, incluindo a etapa final, o GP dos Estados Unidos em Watkins Glen, ocasião em que além dele outros três pilotos tinham chances de levantar o troféu pelo campeoanto: Nelson Piquet, Carlos Reutemann e Jacques Laffite (Ligier).

CLIQUE AQUI E VEJA A PÁGINA DE ALAN JONES NA SEÇÃO "QUE FIM LEVOU?"

A bordo da Williams FW07B de 1980, carro com o qual conquistou o título da F1 naquele ano. Foto: Divulgação

 


   

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOU TUBE

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR TODAS AS COLUNA

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    77
  • 2 Pal
    67
  • 3 San
    64
  • 4 Grê
    56
  • 5 São
    52
  • Veja tabela completa