Foi o último título nacional do Alvinegro. Foto: Divulgação

Foi o último título nacional do Alvinegro. Foto: Divulgação

Há exatos três anos, na hoje batizada Neo Química Arena, o Corinthians conquistava seu heptacampeonato brasileiro, na virada por 3 a 1 diante do Fluminense, que saiu na frente com Henrique. Jô fez dois gols para o Alvinegro e Jadson marcou o outro, o último da partida.

A vitória levou o Corinthians aos 71 pontos, dez à frente do Grêmio, então o segundo colocado, restando três rodadas para o término do certame, ou seja, nove pontos. O Corinthians fechou aquele campeonato com 72 pontos e o Palmeiras acabou como vice-campeão, com 63.

O DESTAQUE DO JOGO

Jô, que deixou o clube no término daquele ano e atuou no futebol japonês até 2020, pelo Nagoya Grampus, hoje integra novamente o elenco corintiano, mas que está afastado por ter contraído o novo coronavírus, foi o destaque do jogo contra o Flu que garantiu o sétimo título brasileiro ao Alvinegro, com dois gols marcados e uma grande atuação, aliás, coroando sua excelente temporada, em que foi considerado o melhor jogador do campeonato e um dos artilheiros, com 18 gols, empatado com Henrique Dourado, do Fluminense.

TÉCNICO CORINTIANO PROVIDENCIOU MUDANÇA NO TIME

Após sair atrás no placa, Fábio Carille, então treinador corintiano, logo mexeu na formação tática, tirando Camacho e colocando Jadson em seu lugar, melhorando o poder ofensivo da equipe alvinegra.

SEGUNDO TÍTULO EM 2017

O título braileiro do Corinthians em 2017 foi o segundo daquele ano. Seis meses antes, também em Itaquera, a equipe conquistou o Campeonato Paulista após empatar o segundo jogo da decisão em 1 a 1 contra a Ponte Preta. Na primeira partida, no Moisés Lucarelli (Campinas), o Timão vencera por 3 a 0.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

Corinthians 3 x 1 Fluminense

Local: Arena Corinthians, em Itaquera (atual Neo Química Arena)
Data: 15 de novembro de 2017 (quarta-feira)
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Kleber Lucio Gil e Neuza Ines Back (ambos SC)
Cartões: Gabriel (COR); Reginaldo, Henrique, Pedro, Henrique Dourado, Léo e Lucas (FLU).

Gols: Henrique (FLU). Jô (COR, duas vezes) e Jadson.

Fluminense: Diego Cavalieri, Lucas, Henrique, Reginaldo e Léo; Sornoza (Matheus Alessandro), Marlon Freitas (Pedro) e Wendel; Gustavo Scarpa, Marcos Júnior (Peu) e Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga.

Corinthians: Caíque, Fágner, Pedro Henrique, Pablo e Guilherme Arana; Camacho (Jádson), Gabriel e Rodriguinho; Romero, Clayson (Maycon) e Jô (Danilo). Técnico: Fábio Carille.

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa