Treinadores decidem o Paulistão neste domingo (3). Foto: Cesar Greco

Treinadores decidem o Paulistão neste domingo (3). Foto: Cesar Greco

Técnicos finalista do Campeonato Paulista, Abel Ferreira e Rogério Ceni são profissionais jovens, com menos de 50 anos, ainda com curta carreira como treinadores, mas em momentos distintos de suas carreiras: enquanto um já acumula títulos com a equipe que comanda, o outro busca o primeiro.

No caso de Abel Ferreira, de 43 anos, o Paulistão pode ser o quinto campeonato conquistado com o Verdão. Até aqui, o português já foi campeão duas vezes da Libertadores e ainda levantou as taças da Copa do Brasil e da Recopa. O excelente desempenho a frente da equipe já faz de Abel um dos principais treinadores da história palmeirense.

Rogério Ceni também é um dos principais nomes da história do São Paulo. No seu caso, porém, como jogador e não como treinador. O ex-goleiro tenta conquistar seu primeiro título na função de técnico do Tricolor.

O ex-camisa 01 está em sua segunda passagem como técnico do clube. Na primeira, em 2017, deixou o comando da equipe após sete meses, sem nenhuma taça. Em outubro de 2021 Ceni voltou ao Morumbi, assumindo o lugar de Hernán Crespo e tem agora a chance de conquistar o Paulista e levantar uma taça pela primeira vez como técnico do São Paulo.

Para definir se o troféu ficará nas mãos de Abel ou de Rogério, Palmeiras e São Paulo se enfrentam neste domingo (3), às 16h, no Allianz Parque. Na primeira partida da grande final, o tricolor venceu por 3 a 1 e pode até perder por um gol de diferença que será campeão. Já o Verdão precisa de uma vitória por dois gols de diferença para levar para os pênaltis, ou três gols de vantagem pra ser campeão.

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa