A mesma novela de sempre: a culpa é do técnico. Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC

A mesma novela de sempre: a culpa é do técnico. Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC

CLIQUE AQUI E CONHEÇA A CARREIRA DE VAGNER MANCINI NO "QUE FIM LEVOU?"

Continua, do mesmo modo, a situação dos treinadores de futebol no Brasil, sempre vivendo na dependência de resultados imediatos para manter seus cargos.

Uma velha insegurança que não faz distinção de idade ou prestígio: atinge dos mais experientes aos iniciantes na profissão, dos que trabalham em times chamados pequenos aos treinadores dos gigantes e pesados clubes do país.

Insegurança e pressão

A escassez de títulos e falta de identidade de alguns jogadores com o clube reforçam a situação da pressão pra cima do técnico.

E com a saída Cuca, pode pintar Mancini de novo? O novo Milton Cruz do Morumbi?
Uma situação comum no São Paulo, nos últimos tempos, a do treinador interino. Será que Vagner Mancini terá novamente a missão de ser o bombeiro do Morumbi?

Após a eliminação na Libertadores, a diretoria do São Paulo afastou o treinador André Jardine. Depois da confirmação da contratação de Cuca, mas que só poderia exercer suas funções em meados de abril por conta de uma recomendação médica, sugeriu que Vagner Mancini (contratado como gerente) fosse remanejado para o cargo.

A comparação de Mancini com Milton Cruz é porque esta realidade foi comum no São Paulo. Milton Cruz trabalhou no clube por 22 anos.

 

Você também vai gostar

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    61
  • 2 Pal
    53
  • 3 San
    48
  • 4 Cor
    44
  • 5 São
    43
  • Veja tabela completa