Ex-atacante morreu no dia 11 de março de 2019.

Ex-atacante morreu no dia 11 de março de 2019.

VEJA A PÁGINA DE COUTINHO NA SEÇÃO "QUE FIM LEVOU"

O grande parceiro de Pelé morreu no dia 11 de março de 2019, aos 75 anos, vítima de um infarto, que sofreu em decorrência de diabetes e hipertensão arterial.

Um mês antes de falecer, Coutinho já havia sido internado em Santos por conta de uma pneumonia. Por conta da diabetes, o ex-atacante teve três dedos do pé esquerdo amputados.

Nascido em Piracicaba, interior de São Paulo, em 11 de junho de 1943, Antônio Wilson Honório estreou pelo Santos com 16 anos. Com a camisa do Peixe disputou 457 jogos e marcou 370 gols.

Conquistou muitos títulos pelo Santos, entre eles o bicampeonato da Libertadores e do Mundial (1962 e 1963), a Taça Brasil por cinco vezes (1961 a 1965), seis campeonatos paulistas (1960, 1961, 1962, 1964, 1965 e 1967). 

Ainda defendeu o Vitória, a Portuguesa, retornou ao Santos em 1969, o Club Atlas (México), o Bangu e o extinto Saad (de São Caetano do Sul-SP), seu último clube, em 1973.

Coutinho defendeu a seleção brasileira em 15 jogos, tendo marcado seis gols. Inscrito para a Copa de 1962, no Chile, não pôde atuar por conta de uma contusão durante a preparação para o Mundial, mas ainda assim tem em seu currículo o título daquela Copa.

No dia 29 de abril de 2018, Coutinho foi homenageado por Milton Neves durante o programa Show do Esporte.

O apresentador Milton Neves se emocionou ao falar sobre a morte de Coutinho nas emissoras de rádio do Grupo Bandeirantes.

Confira as participações de Milton Neves no Pulo do Gato, da Bandeirantes, e no Jornal BandNews:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No vídeo abaixo, enviado ao jornalista Milton Neves por Ademir Quintino, você confere um dos últimos registros de Coutinho, que morreu na noite da última segunda-feira (11), em Santos.

Na gravação, o “Gênio da Área” toma a sua cervejinha no Bar do Carlinhos, em Santos, e cantarola a música “Tá Escrito”, do grupo “Revelação”.

O trecho cantado por Coutinho diz o seguinte:

“Erga essa cabeça, mete o pé e vai na fé

Manda essa tristeza embora

Basta acreditar que um novo dia vai raiar

Sua hora vai chegar!”

Em vídeo, Milton Neves também se emociona ao falar de Coutinho. Confira:

Mengálvio, Coutinho e Pelé em uma tarde fria no Morumbi, com a linda camisa de mangas longas do Santos.Milton Neves e Coutinho na Padaria do Carlinhos, em Santos, no dia 26 de agosto de 2015

Coutinho e o também saudoso Joel Camargo (1946 - 2014) no almoço dos campeões mundiais de futebol em 25 de abril de 2013, no Espaço Unyco, no Estádio do Morumbi. Foto: Marcos Júnior Micheletti/Portal TT

Leia também:

IGREJA CORAÇÃO DE MARIA, EM SANTOS, CELEBRA MISSA EM MEMÓRIA DE COUTINHO

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa