Corridas foram bem movimentadas no interior paulista. Fotos: Divulgação/Stock Car

Corridas foram bem movimentadas no interior paulista. Fotos: Divulgação/Stock Car

Gabriel Casagrande e Lucas Foresti foram os vencedores das duas baterias da 3ª etapa da Stock Car,  provas disputadas neste sábado (19) no Velocitta, em Mogi Guaçu (SP).

Casagrande (A.Mattheis Vogel Motorsport) travou uma boa disputa com Ricardo Zonta pela vitória na corrida 1, tendo ao seu lado no pódio justamente Zonta e Thiago Camilo. Depois, Lucas Foresti apostou todas as fichas para vencer a corrida 2, com Barrichello em segundo e Diego Nunes em terceiro lugar.

ATUALIZAÇÃO

Lucas Foresti acabou sendo punido com o acréscimo de 20 segundos em seu tempo total da corrida 2, caindo para o décimo lugar. Assim, Rubens Barrichello acabou herdando a vitória. CLIQUE AQUI E VEJA MAIS DETALHES.

Neste domingo (20), a partir das 13h, acontece a quarta etapa no Velocitta, também em rodada dupla sequencial, sem intervalo entre as provas, apenas com o realinhamento com as posições invertidas, do décimo para o primeiro colocado.

CORRIDA 1 

Na largada, Zonta manteve-se em primeiro e Casagrande subiu para segundo, enquanto Daniel Serra perdeu duas posições e caiu para quarto. Khodair ganhou a terceira colocação. Galid Osman foi o primeiro a abandonar, ainda na primeira volta, após uma pancada, assim como Átila Abreu, que sofreu batidas de Cacá Bueno e Felipe Massa.

Pressão de Casagrande sobre Zonta na abertura da volta 2, mas o paranaense da RCM Motorsport conseguiu se sustentar à frente na estreita e travada pista do Velocitta. Porém, na volta 5, na parte mista, Casagrande conseguiu assumir a liderança.

Ainda na volta 5, Christian Hahn tocou em Massa e o ex-F1 acabou rodando e foi para os boxes para troca de pneus e reabastecimento, apostando por uma melhor sorte na corrida 2.

odada de Kanaan na volta 8 e início das primeiras paradas obrigatórias. Zonta, que não reabasteceu, apenas trocou pneu, retornou à frente de Casagrande, enquanto Khodair mantinha-se na pista e liderava na volta 9.

Incidente nos boxes quando Khodair saiu de seu pit-stop e tocou em Marcos Gomes, que estacionava para fazer sua parada. Khodair conseguiu deixar o local sem problemas e Gomes ficou atravessado em frente ao seu box.

Na volta 12, novo líder, quando Casagrande conseguiu superar Zonta e recuperar a liderança da prova.

Barrichello foi o último a fazer sua parada e voltou na quinta colocação.

Os seis primeiros na volta 13: Casagrande, Zonta, Khodair, Camilo, Barrichello e Cesar Ramos.

Punição a Khodair (20 segundos de acréscimo no tempo final) pelo incidente nos boxes com Gomes. Mas Khodair foi aos boxes para cumprir a punição, em aparente desencontro de informações. Em retificação, os comissários consideraram a parada de Khodair como válida para cumprimento da punição.

Na pista, Camilo subiu para o terceiro lugar mas bastante pressionado por Barrichello, na luta pelo pódio.

Na volta final, mesmo sob a pressão de Zonta, Casagrande garantiu a vitória.

Os seis primeiros da corrida 1: Casagrande, Zonta, Camilo, Barrichello, Ramos e Suzuki, que a duas voltas do final conseguiu superar Daniel Serra em bela manobra para garantir-se no top-6 em Mogi Guaçu. Décimo colocado, pela inversão no grid, Guilherme Salas foi para a corrida 2 em primeiro lugar.

CORRIDA 2

Em sequência, tão logo foi dada a bandeira quadriculada na corrida 1, o grid se realinhou com as inversões de posições, do décimo para o primeiro colocado. Assim, em décimo na corrida 1, Guilherme Salas partiu da primeira colocação, com Diego Nunes ao seu lado, em segundo.

Na largada, Salas manteve-se à frente de Nunes, enquanto Casagrande foi tocado e ficou de fora. Grande escalada de Barrichello, do sétimo para o terceiro, assim como de Ricardo Mauricio, que partiu em 13º e já era o sétimo ao término da primeira volta.

Salas conseguiu abrir vantagem em relação a Nunes, mas este tinha Barrichello e Zonta logo em seu encalço.

Batida forte de Jimenez e janela de pit-stops aberta.

Salas e Diego Nunes logo pararam e Nunes voltou à sua frente. Salas também foi superado por Rossi e Navarro.

Enquanto isso, Barrichello e Zonta retardaram suas paradas e pararam na volta seguinte.

Ambos voltaram à frente de Diego Nunes. Mas, com uma estratégia pensando em vencer a corrida 2, Lucas Foresti assumiu a ponta após a parada obrigatória, com Barichello em segundo, Zonta em terceiro, Nunes em quarto e Rossi em quinto.

Com um ritmo muito forte, Foresti terminou em primeiro, seguido por Barrichello e Zonta, segundo e terceiro colocados, respectivamente. Porém, como informado na atualização acima, ele acabou punido em 20 segundos e caiu para o décimo lugar.

RESULTADOS COMPLETOS DA 3ª ETAPA DA STOCK CAR NO VELOCITTA, CORRIDAS 1 E 2

CORRIDA 1

1 Gabriel Casagrande (AMattheis Vogel Motorsport/Cruze) 
2 Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Corolla) a 0.442
3 Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Corolla) a 2.218
4 Rubens Barrichello (Full Time Sports/Corolla) a 3.601
5 Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Corolla) a 12.187
6 Rafael Suzuki (Full Time Bassani/Corolla) a 14.983
7 Daniel Serra (Eurofarma-RC/Cruze) a 16.269
8 Bruno Baptista (RCM Motorsport/Corolla) a 16.816
9 Diego Nunes (Blau Motorsport/Cruze) a 17.440
10 Guilherme Salas (KTF Sports/Cruze) a 18.211
11 Allam Khodair (Blau Motorsport/Cruze) a 19.262
12 Sergio Jimenez (MX Piquet Sports/Corolla) a 26.897
13 Ricardo Mauricio (Eurofarma-RC/Cruze) a 37.263
14 Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Cruze) a 37.960
15 Felipe Lapenna (Hot Car Competições/Cruze) a 49.618
16 Matias Rossi (Full Time Sports/Corolla) a 1:12.337
17 Lucas Foresti (KTF Sports/Cruze) a 1:28.386
18 Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Cruze) a 1:28.746
19 Gustavo Frigotto (RKL Competições/Cruze) a 1:33.745
20 Gaetano di Mauro (KTF Racing/Cruze) a 1:38.802
21 Julio Campos (Lubrax Podium Stock Car Team/Cruze) a 1 Volta
22 Tony Kanaan (Full Time Bassani/Corolla) a 1 Volta
23 Beto Monteiro (Crown Racing/Cruze) a 2 Voltas
24 Pedro Cardoso (KTF Racing/Cruze) a 3 Voltas
25 Guga Lima (AMattheis Vogel Motorsport/Cruze) a 3 Voltas
26 Christian Hahn (Blau Motorsport II/Cruze)  a 4 Voltas
27 Cacá Bueno (Crown Racing/Cruze)  a 10 Voltas
28 Nelson Piquet Jr (MX Piquet Sports/Corolla) a 11 Voltas
29 Felipe Massa (Lubrax Podium Stock Car Team/Cruze) a 11 Voltas
30 Tuca Antoniazi (Hot Car Competições/Cruze) a 14 Voltas
31 Galid Osman (Shell V-Power/Cruze) a 16 Voltas
32 Átila Abreu (Shell V-Power/Cruze) a 18 Voltas     

CORRIDA 2

1 Lucas Foresti (KTF Sports/Cruze)*
2 Rubens Barrichello (Full Time Sports/Corolla) a 5.007
3 Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Corolla) a 6.613
4 Diego Nunes (Blau Motorsport/Cruze) a 7.397
5 Matias Rossi (Full Time Sports/Corolla) a 7.964
6 Guilherme Salas (KTF Sports/Cruze) a 13.714*
7 Julio Campos (Lubrax Podium Stock Car Team/Cruze) a 16.700
8 Átila Abreu (Shell V-Power/Cruze) a 18.383
9 Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Cruze) a 19.055
10 Ricardo Mauricio (Eurofarma-RC/Cruze) a 19.197
11 Daniel Serra (Eurofarma-RC/Cruze) a 19.782
12 Rafael Suzuki (Full Time Bassani/Corolla) a 20.109
13 Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Corolla) a 20.956
14 Felipe Lapenna (Hot Car Competições/Cruze) a 21.744
15 Beto Monteiro (Crown Racing/Cruze) a 23.355
16 Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Corolla) a 25.193
17 Christian Hahn (Blau Motorsport II/Cruze) a 27.413
18 Bruno Baptista (RCM Motorsport/Corolla) a 30.893
19 Cacá Bueno (Crown Racing/Cruze) a 43.229
20 Gustavo Frigotto (RKL Competições/Cruze) a 44.990
21 Allam Khodair (Blau Motorsport/Cruze) a 2 Voltas
22 Nelson Piquet Jr (MX Piquet Sports/Corolla) a 2 Voltas
23 Sergio Jimenez (MX Piquet Sports/Corolla) a 13 Voltas
24 Tuca Antoniazi (Hot Car Competições/Cruze) a 16 Voltas
25 Gaetano di Mauro (KTF Racing/Cruze) a 18 Voltas
26 Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Cruze) a 18 Voltas
27 Gabriel Casagrande (AMattheis Vogel Motorsport/Cruze)
28 Tony Kanaan (Full Time Bassani/Corolla)
29 Pedro Cardoso (KTF Racing/Cruze)
30 Guga Lima (AMattheis Vogel Motorsport/Cruze)
31 Felipe Massa (Lubrax Podium Stock Car Team/Cruze)
32 Galid Osman (Shell V-Power/Cruze)

* Punição de 20 segundos no tempo final da prova (carros 12 e 85, de Lucas Foresti e Guilherme Salas)

PROGRAMAÇÃO PARA A 4ª ETAPA NO VELOCITTA - STOCK CAR

Domingo (20)

09h00 – Classificação para a Etapa 4 (SporTV3)
13h00 –Corridas 1 e 2, em sequência (Band e SporTV3)

CALENDÁRIO DA STOCK CAR PARA 2021 *

25/04 – 1ª etapa – Goiânia - Pole de Cacá Bueno (1min26s863) - Vitórias de Daniel Serra e Ricardo Maurício.
16/05 – 2ª etapa – Interlagos - Pole de Gabriel Casagrande (1min39s800) - Vitórias de Gabriel Casagrande e Antonio Félix da Costa
19/06 - 3ª etapa - Velocitta - Pole de Ricardo Zonta (1min31s125) - Vitórias de Gabriel Casagrande e Rubens Barrichello
20/06 – 4ª etapa – Velocitta
11/07– 5ª etapa – Cascavel
01/08– 6ª etapa – Curitiba
22/08– 7ª etapa – Curitiba
19/09– 8ª etapa – Santa Cruz do Sul
24/10– 9ª e 10ª etapas – Velocitta
21/11– 11ª etapa – Goiânia
12/12– 12ª etapa – Brasília (o autódromo passará por reformas)

* sujeito a alterações

  

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOUTUBE 

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa