Piloto da Full Time chegou à 14ª vitória na categoria. Foto: Rafael Gagliano / Hyset / Divulgação

Piloto da Full Time chegou à 14ª vitória na categoria. Foto: Rafael Gagliano / Hyset / Divulgação

Partindo do quarto lugar, Rubens Barrichello (Full Time Sports) venceu a corrida 2 da etapa de abertura da Stock Car, disputada neste domingo (26) no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia, dando à Toyota o segundo triunfo do dia, uma vez que na prova anterior, realizada pouco antes, Ricardo Zonta também venceu com o Corolla. Foi a 14ª vitória de Barrichello na categoria e quinta em Goiânia, incluindo duas na Corrida do Milhão (2014 e 2018). 

Depois do sétimo lugar na corrida 1, o grid invertido colocou Rubens na segunda fila da prova derradeira no traçado goiano de 3.835 metros, em quarto, mas fez uma boa largada e ganhou uma posição para logo ficar colado no líder Vitor Genz (KTF Sports), que não resistiu ao ímpeto do experiente piloto de 48 anos, que fez uma parada rápida no pit-stop, uma vez que tinha abastecido na corrida 1.

E a Full Time levou mais um piloto ao pódio, Nelsinho Piquet, que corre no time com a supervisão de Eduardo Bassani. Nelsinho foi o segundo colocado, em uma prova de boa reação após problemas na corrida 1, com outro Corolla do time. Nelsinho largou dos boxes e cruzou a linha de chegada a 4s887 de Barrichello.

Completando o pódio, Bruno Baptista (RCM), em terceiro, outro que escalou bem o pelotão para mais um bom resultado na Stock, também com Corolla, ele que havia enfrentado problemas de câmbio na classificação, no sábado.

Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) foi o quarto, seguido por Diego Nunes (Blau Motorsport) e Átila Abreu (Shell V-Power), estes três com Chevrolet Cruze. Ricardo Zonta, que venceu a corrida 1, abandonou logo no começo, após rodar.

Atualização (16h50): Ricardo Mauricio foi punido em 20 segundos no seu tempo final da corrida 2 por ultrapassagem considerada irregular em Thiago Camilo no momento do pit-stop. Assim, ele cai de quarto para 13º lugar na prova. Diego Nunes também foi punido, com 20 segundos acrescidos em seu tempo final na corrida 2, caindo de quinto para 15º lugar, por atitude considerada antidesportiva por manobra em Átila Abreu, que assim, ganhou as posições de Maurício e Nunes, saltando para quarto. 

Com a soma dos resultados da etapa, Rubens Barrichello lidera com 38 pontos. Daniel Serra, vice-líder, está com 34. Thiago Camilo, com 31, está em terceiro.

A próxima etapa da categoria está prevista para o dia 23 de agosto, com a Corrida do Milhão, em Interlagos (SP). O restante do calendário ainda não foi divulgado, por conta da pandemia do novo coronavírus.

CORRIDA 2 - STOCK CAR - GOIÂNIA (RESULTADO ATUALIZADO, COM AS PUNIÇÕES DE 20 SEGUNDOS A RICARDO MAURICIO E DIEGO NUNES)

 

CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO APÓS A RODADA DUPLA EM GOIÂNIA  (DEZ PRIMEIROS COLOCADOS)

1 Rubens Barrichello (Full Time Sports/Corolla), 38
2 Daniel Serra (Eurofarma-RC/Cruze), 34
3 Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Corolla), 31
4 Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Corolla), 30
5 Ricardo Maurício (Eurofarma-RC/Cruze), 30
6 Cacá Bueno (Crown Racing/Cruze), 29
7 Allam Khodair (Blau Motorsport/Cruze), 26
8 Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Corolla), 26
9 Átila Abreu (Shell V-Power/Cruze), 22
10 Nelson Piquet Jr (Full Time Bassani/Corolla), 20


 


     

 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A HOME DE AUTOMOBILISMO DO PORTAL TERCEIRO TEMPO 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CANAL DO BELLA MACCCHINA NO YOUTUBE 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Ath
    6
  • 2 Atl
    6
  • 3 Grê
    4
  • 4 Atl
    3
  • 5 Spo
    3
  • Veja tabela completa