Caçapava morreu em 2016

Caçapava morreu em 2016

Luis Carlos Mello Lopes, o Caçapava, volante do Internacional na década de 70, morreu exatamente seis anos atrás, no dia 27 de junho de 2016, aos 61 anos, vítima de infarto.  

Capaçava residia na cidade de Timon, no Maranhão, que é vizinha de Teresina-PI, treinando crianças carentes da sociedade local.

Nascido no dia 26 de dezembro de 1954, em Caçapava do Sul (RS), Caçapava, como jogador, também atuou no Corinthians (fez 148 jogos e marcou 5 gols), Palmeiras, Vila Nova de Goiás, Novo Hamburgo (84), Ceará (84 e 85) e Fortaleza (86 e 87) e foi algumas vezes convocado para a Seleção Brasileira.

Os principais títulos como volante foram: campeão Brasileiro em 75 e 76 pelo Internacional, campeão gaúcho pelo Inter em 74, 75, 76 e 78, campeão Paulista pelo Corinthians em 79 e campeão cearense pelo Ceará em 84.

 

Equipe colorada no Beira-Rio em 1976, com seu uniforme branco. Em pé, da esquerda para a direita: Zé Maria, Manga, Figueroa, Vacaria, Marinho Peres e Falcão. Agachados: Valdomiro, Jair, Escurinho, Caçapava e Dario. Foto enviada por Gilvannewton Souza

 

Os ex-companheiros de Internacional Falcão e Caçapava conversam no Beira-Rio. Foto: Site Oficial

 

Caçapava recebeu um troféu de reconhecimento pelos serviços prestados ao futebol. O gaúcho trabalha como monitor de futebol de uma fundação municipal.

 

Imagem sensacional de um treino do Colorado, comandado pelo preparador físico Gilberto Tim. Na primeira fileira, da esquerda para a direita temos Marinho Peres à frente. O terceiro é Jair, o Príncipe. Na outra fila, quem aparece em primeiro é o grande Figueroa, seguido por Vacaria, Caçapava e Escurinho é o último. Na terceira fila está o saudoso goleiro Gasperin. Depois, os últimos, à direita, são Batista e Cláudio Duarte. Foto enviada por Carlos Eduardo Broglio Gasperin, filho de Gasperin

 

Foto atual do ex-volante do Inter, tirada quando ele acompanhava um jogo decisivo de futsal do time feminino da Fundação Cidadania, da cidade maranhense de Timon, para a qual presta serviços como professor de categorias de base.

 

Em pé: Manga, Cláudio Duarte, Figueroa, Vacaria, Marinho Peres e Falcão. Agachados: Valdomiro, Batista, Dario, Caçapava e Lula. Foto enviada por Silvio Bassani

 

Da esquerda para a direita: Vacaria, Figueroa, Marinho Peres, Cláudio Duarte, Batista, Valdomiro, Manga, Jair, Tadeu Bauru e Caçapava. Foto enviada por José João Rosa de Oliveira

 

Em pé: Valdir, Manga, Figueroa, Hermínio, Chico Fraga e Falcão. Agachados: Valdomiro, Caçapava, Flávio Minuano, Carpegiani e Lula.

 

Este é um cartaz promocional produzido pela Caldense, de Poços de Caldas, em 2004, para chamar o público da cidade e região a acompanhar uma partida festiva entre os masters da própria Caldense e do Corinthians. Evidentemente que quase nenhum dos jogadores que estão na foto entrou no gramado do estádio Ronaldo Junqueira para atuar. Mas como a propaganda é a alma do negócio.....Este Corinthians do final da década de 1970 tem, em pé, Jairo, Zé Maria, Djalma, Amaral, Caçapava e Wladimir; agachados vemos Vaguinho, Basílio, Sócrates, Palhinha e Wilsinho

 

Deu no jornal "Zero Hora", do Rio Grande do Sul uma "bela" história de Caçapava:

 

Corinthians campeão paulista de 1979, título decidido contra a Ponte Preta apenas no início de 1980. Esta foto foi tirada no dia 10 de fevereiro de 1980 quando o Timão bateu a macaca por 2 a 0, com gols de Sócrates e Palhinha. Foi o terceiro jogo decisivo entre as duas equipes. Em pé estão Jairo, Mauro, Luis Cláudio, Amaral, Caçapava e Romeu; agachados vemos Píter, Biro-Biro, Palhinha, Sócrates e Wladimir

 

Esta foto tem um grande apelo por mostrar Paulo César Caju no Corinthians. O ex-ponta, contratado como grande esperança da Fiel, decepcionou e vestiu a camisa alvinegra em apenas quatro jogos em 1981. Aqui vemos uma delas, em 25 de outubro. O jogo foi contra o São Paulo, pelo octogonal decisivo do Paulistão daquele ano. Com gols de Serginho e Éverton, o Tricolor venceu por 2 a 0 no Morumbi. Em pé vemos Rondinelli, Gomes, Zé Maria, Rafael, Caçapava e Wladimir; agachados estão Biro-Biro, Sócrates, Mário, Zenon e Paulo César Caju

 

Em pé: Dionísio, Mauro Pastor, Falcão, Benitez, Beliato e Hermes. Agachados: Valdomiro, Jair, Mário, Caçapava e Chico Spina

 

Em pé: Zé Maria, Mauro, Solitinho, Djalma, Caçapava e Wladimir. Agachados: Vaguinho, Sócrates, Geraldão, Wágner Basílio e Wilsinho. Esse time do Corinthians bateu o Palmeiras por 2 a 1, no Morumbi, no dia 7 de setembro de 1980. Os dois gols corintianos foram marcados por Sócrates. Freitas marcou para o Palmeiras.

 

Caçapava, em 1979 no Parque São Jorge, posa para foto ao lado de dois pequenos torcedores. Ao fundo, à direita, veja o centroavante Geraldão e o jornalista Juarez Soares

 

Em pé: Hermínio, Manga, Cláudio Duarte, Figueroa, Vacaria e Falcão. Agachados: Valdomiro, Escurinho, Flávio Minuano, Caçapava e Ramon.

 

Em pé: Reinaldo Salomon, Lúcio, Corbo, Oberdã, Falcão e Jorge Tabajara. Agachados: Tarciso, Tadeu Ricci, André Catimba, Caçapava e Éder.

 

Ceará em 1984. Em pé: Rafael, Argeu, Djalma, Caçapava, Alexandre e Bezerra. Agachados: Katinha, Arnaldo Lira, Josué, Anselmo e Assis Paraíba.

 

Os vencedores da premiação da Revista Placar em 1978, a `Bola de Prata´. Em pé, da esquerda para a direita: Rosemiro, Manga, Rondinelli, Falcão, Deodoro e o técnico Carlos Alberto Silva. Agachados: Tarciso, Caçapava, Adílio, Paulinho e Jésum. Faltou um jogador, o lateral-esquerdo Odirlei (Ponte Preta), que provavelmente não pôde comparecer para a pose...Foto: Revista Placar

 

Corinthians 1 x 1 XV de Jaú, campeonato paulista dia 01 de novembro de 1981. Em pé: Rondinelli, Zé Maria, Rafael, Gomes, Caçapava e Wladimir. Agachados: Eduardo, Biro-Biro (autor do gol), Sócrates, Zenon e Paulo Cézar Caju

 

O Corinthians perdeu para o São José em 23 de agosto de 1981 em partida válida pelo Campeonato Paulista, que aconteceu no Estádio Martins Pereira, em São José. Em pé, da esquerda para a direita: Lóti, Taborda, Rafael, Caçapava, Wladimir e Mauro. Agachados: Biro-Biro, Sócrates, Mário Motta, Zenon e Joãozinho. Mário foi o autor do gol corintiano. Darci (de pênalti) e Tata marcaram para o São José. Os mascotes são Flavio Gomes, Mauro Betting, Cesar Sachetto, Ruy Mauricio Barbosa, César Filho e Marcos Arnaldo Silva.

 

Internacional em 1978. Em pé, da esquerda para a direita: Lúcio, Gasperin, Beliato, Salomão, Falcão e Vanderlei Luxemburgo. Agachados: Valdomiro, Jair, Bill, Caçapava e Peri. Foto: Diário Catarinense

 

Em 1976, Caçapava e Bagatini, então jogadores do Inter e do Caxias, respectivamente, receberam o Prêmio Craque

 

Em 1979, da esquerda para a direita, o primeiro é Cláudio Mineiro. O terceiro é o então presidente do Corinthians, Vicente Matheus. Por último, Caçapava, recém contratado pelo Timão junto ao Internacional. Foto: História do S.C.Internacional

 

Veja um pôster do Internacional Campeão Gaúcho em 1978. Nele estão os ex-craques Gasperin, Hermes, Larry, André Luiz, Belliato, Jorge Tabajara, Caçapava, Batista, Jair, Waldomiro, Falcão, Adilson, Bagattini, Décio, Lúcio, João Carlos, Beretta, Paulo Marcos, Roberto, Tonho, Chico Spina, Peri, Anchieta e Luiz Fernando. Foto enviada por Decio Galhardo Carmona

 

Na década de 60 e em 5 de abril de 2014

 

Pelo Inter, em 1976. Foto: História do Sport Club Internacional

 

Em 1974, pelo Inter. Foto: História do Sport Club Internacional

 

O Fluminense enfrentando o Inter no Brasileirão de 1975, no Maracanã. Os volantes Zé Mário e Capaçava estão na disputa pela bola. Atrás, à esquerda, o zagueiro Figueroa. Foto: História do Spor Club Internacional

 

Em 5 de abril de 2014, dia da reinauguração do Beira-Rio, em Porto Alegre. O colorado Kledir Ramil, da dupla Kleiton & Kledir, ao lado de Caçapava. Foto: Victor Hugo/arquivo pessoal de Kledir Ramil

 

Em 5 de abril de 2014, dia da reinauguração do Beira-Rio, em Porto Alegre. O colorado Kledir Ramil, da dupla Kleiton & Kledir, com os ídolos Caçapava, Benitez e Valdomiro. Foto: Victor Hugo/arquivo pessoal de Kledir Ramil

 

Você também vai gostar

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa