Após o goleiro falou com o coração sem igual, senti uma sinceridade fora do comum e uma maturidade dolorida

Após o goleiro falou com o coração sem igual, senti uma sinceridade fora do comum e uma maturidade dolorida

O goleiro da Seleção Brasileira, Júlio César,  deu uma entrevista absurdamente sincera após a página mais triste do futebol brasileiro, a derrota para a Alemanha por 7 a 1, na semifinal da Copa do Mundo, disputado no Brasil. 

O arqueiro caiu em desgraça assim que o time brasileiro foi desclassificado no Mundial da África do Sul, quando o escrete perdeu para a Holanda por 2 a 1, de virada, nas quarta-de-final. 

 Ele deixou o seu time, a Inter de Milão, cujo era titular e campeão europeu, para jogar em um time de segundo escalão na Inglaterra, o Queens Park Rangers e ainda foi reserva.

Condenado pela mídia nacional, destruído pelo julgamento público, até receber o aceno de Felipão para voltar o selecionado nacional. Podemos não concordar, mas o homem passou por provocações sem fim e não tinha culpa apenas foi relacionado novamente. 

Sofreu por 4 anos, por ter falhado no gol do holandês Sneidjer, cumpriu quatro anos de "prisão" aberta,  uma pena sem igual, em público, sendo apontado a todo momento, como o culpado pela desclassificação. 

Após passar por tudo isso, levando sete gols da Alemanha, o goleiro, cujo não concordava na seleção, fez um depoimento emocionante, comovente e de grande caráter.

Júlio César disse em entrevista após o jogo, que toparia passar tudo de novo se o Brasil perdesse por 2 a 1, para a Alemanha, com uma falha dele. 

Vocês imaginaram o que esse homem passou nesse quadriênio e agora passaria tudo de novo para perder de menos e ser jogado no limbo novamente? 

Precisamos respeitar a dor deste homem!

 

 

 

 

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Bah
    0
  • 2 Atl
    0
  • 3 Cor
    0
  • 4 Spo
    0
  • 5 Red
    0
  • Veja tabela completa