Edição de 2020 do estadual mais disputado do país começou nesta semana. Foto: Daniel Augusto Jr./Corinthians

Edição de 2020 do estadual mais disputado do país começou nesta semana. Foto: Daniel Augusto Jr./Corinthians

Por Renan Riggo

A edição de 2020 do Campeonato Paulista de Futebol começou na última quarta-feira (22/01), marcando a estreia dos grandes Palmeiras e São Paulo. O Alviverde foi a Itu e goleou o Ituano por 4 a 0, enquanto o Tricolor recebeu o Água Santa no Morumbi e venceu por 2 a 0. Corinthians e Santos debutaram ontem (23/01) no certame. O atual tricampeão paulista bateu o Botafogo de Ribeirão Preto em casa por 4 a 1, ao passo que o Alvinegro Praiano empatou sem gols com o RB Bragantino, na Vila Belmiro.

Levando em consideração os momentos que cada um dos quatro times grandes do estado atravessa, fica o questionamento: para qual deles o Paulistão representa maior relevância? Como bem se sabe, os campeonatos estaduais não figuram mais no rol das conquistas de maior dimensão, como outrora já figuraram. No entanto, vencê-lo pode dar mais tranquilidade para a sequência de trabalho ao longo da temporada e perdê-lo tem a capacidade de aumentar ainda mais a pressão.

O Santos certamente é a equipe que entra na disputa menos pressionada. Dentre os quatro grandes, o Peixe é o que dispõe do menor orçamento e, assim mesmo, fez uma belíssima temporada passada sob o comando de Jorge Sampaoli, que foi capaz de extrair o melhor de jogadores tecnicamente desacreditados. Agora, a missão de fazer um trabalho com qualidade e poucos recursos cabe ao português Jesualdo Ferreira e o Alvinegro não vem de um jejum tão longo sem conquistas estaduais, como é o caso de Palmeiras e São Paulo.

O Tricolor Paulista, por sua vez, tem muito que provar. O técnico Fernando Diniz – conhecido por suas ideias extremamente progressistas de futebol – tem em mãos o elenco mais qualificado em termos de técnica com o qual já trabalhou. Dani Alves, Juanfran, Hernanes, Pablo, Pato, entre outros, possuem a missão de levar o São Paulo novamente aos títulos. Para uma equipe que não conquista nada desde 2012, o Campeonato Paulista (que o time não vence desde 2005) representa uma enorme oportunidade de retomada das boas marés e tranquilidade para a sequência do ano.

O Palmeiras possui a melhor saúde financeira dentre os grandes paulistas e inerentemente entra na competição pensando em taça. A nova era do Alviverde sob o comando do velho conhecido Vanderlei Luxemburgo começou bem, com o título da Florida Cup. Contudo, o torcedor palestrino quer mesmo saber das competições oficiais e o título do Paulistão não vem desde 2008, ocasião na qual o Verdão era comandado pelo mesmo Luxa. Além de faturar um troféu que não vence há mais de 10 anos, o Palmeiras ainda tem o combustível extra de impedir o tetracampeonato do arquirrival Corinthians. Em suma, o Palestra entra no certame para vencer!

Por fim, o Timão, atual tricampeão da competição, está iniciando uma nova fase em sua história recente. Sob o comando de Tiago Nunes, o Corinthians busca um estilo mais ofensivo de jogo, o que representa uma ruptura com a filosofia que foi empregada pelo clube ao longo dos últimos 10 anos. O Alvinegro deve dar bastante importância ao Paulistão pelo fato de buscar o tetracampeonato do certame, o que seria uma conquista histórica e inédita na era do profissionalismo em São Paulo. Além disso, o Timão precisa estar bem preparado para os confrontos da pré-Libertadores, pois nem o tetracampeonato paulista apagaria o incêndio de uma não classificação à fase de grupos do torneio continental.

Com certeza, observaremos um Campeonato Paulista bastante disputado, com os maiores atrativos ilustrados pelos clássicos que voltarão a colocar frente a frente os grandes times do estado. Na sua opinião, quem entra com maiores chances de levar a taça para casa?

 

Você também vai gostar

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa