É hora da sua pré-temporada; prepare-se para grandes dribles e gols de placa no ano que começa

É hora da sua pré-temporada; prepare-se para grandes dribles e gols de placa no ano que começa

Apita o árbitro!

Começa o jogo de 2020!

Seu time escalado com todos os planos no papel para uma grande partida. O adversário preparado esperando o seu erro e jogando apenas no contra-ataque.

Primeiros minutos de bola rolando e você ainda tocando bola na defesa, afinal faltam pernas, tudo fica mais pesado. Mas o plano de jogo está mantido, sem falatório!

Com 20 minutos, um carnaval na área. Atacantes de todos os lados buscando a bola pelo alto e zagueiros infiltrados do adversário tentando chutar a bola. Uma verdadeira festa na área, mas nada de gol.

A partida é física! Pancadas a cada dividida e dores fortes em jogadores importantes do seu time. A vida é dura mesmo, faz parte. Até que um presente de Páscoa abre o placar. O beque oponente tenta tirar uma bola e dá de rosca. Ela sobra livre para você que, preparado e frio, rola para as redes. Um a zero.

Parada para intervalo com vitória parcial. No vestiário do outro time, clima de férias de Julho, no seu, fala forte para manter a atenção ao plano. Disciplina! Força! Não ande para trás! A preleção foi comovente.

Volta para o segundo tempo. Seu time sofre uma pressão incrível com um festival de cruzamentos na área. Típico vendaval de agosto. Firme como uma rocha no seu propósito, sua organizada defesa manteve inexpugnável a própria meta.

Até que veio o lance da partida. Time inteiro no ataque, como planejado para este período do jogo (25 minutos do segundo tempo). Pressão com posse de bola. Quinze toques lindos desde o campo de defesa até a área adversária. Você recebe e antecipa tudo na mente. Olha o gol para ter a referência antes de a bola chegar. Mata no peito, dribla com imensa dificuldade, mas passa. O goleiro sai maluco e, na cavadinha, você marca um golaço. Lance primaveril.

No final do jogo, o cansaço chega a cavalo e cobra o preço. “Segura a bola! Não perde!”, você pensa. Gasta o tempo nos cinco minutos finais. Sofre pouco, administra e vence. Dois a zero. O jogo de 2020 era vencido com sustos, porém também com louvor.

O esporte imita demais a vida em todos os seus aspectos. Todo ano fazemos planos inúmeros para ter conquistas nos meses próximos. As dificuldades aparecem, a gente toma pressão ao longo do ano... é preciso resistir sempre. Resistência prescinde organização, método e disciplina: chaves mestras do esporte. Com um toque de arte e poesia, é possível vencer e dar cor às nossas horas.

Que seja assim o seu 2020! Estamos de volta.

Você também vai gostar

Últimas do seu time

  • Tabela

  • BRASILEIRÃO 2019

  • Classificação
    Pontos
  • 1 Fla
    90
  • 2 San
    71
  • 3 Pal
    71
  • 4 Grê
    65
  • 5 Ath
    63
  • Veja tabela completa